Eleições 2014

Inserções de TV da coligação de Dilma Rousseff são suspensas

Ministros do Tribunal Superior Eleitoral identificaram irregularidades nos programas e pediram para cessar a veiculação até o julgamento final das representações




//
//

“Com a força do povo”, coligação que apoia Dilma Rousseff à reeleição, terá que suspender três inserções veiculadas durante a propaganda eleitoral gratuita exibida na televisão.

As inserções dos dias 22 são de 15 segundos e a do dia 21 é de 30 segundos.

As liminares foram concedidas pelos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Admar Gonzaga e Tarcísio Vieira. Eles identificaram irregularidades nos programas e pediram para cessar a veiculação até o julgamento final das representações.

Nas três ações apresentadas ao TSE, a coligação do candidato Aécio Neves, “Muda Brasil”, afirma que houve irregularidade na propaganda veiculada e que ela visa confundir o eleitor.

A coligação de Neves aponta que houve utilização de recursos de computação gráfica e da inserção do nome da candidata à Presidente da República ‘Dilma’ em tamanho relativamente maior que o do candidato a vice Michel Temer.