Repúdio

Informação de matéria antiga do Portal Mais Goiás está sendo divulgada como se fosse recente

Publicação de abril dizia respeito a uma decisão judicial sobre os mandatos de Marconi Perillo e de Sandes Júnior. Informação está sendo compartilhada como se fosse recente




Na manhã desta quarta-feira (5) começou a circular nas redes sociais uma informação antiga divulgada em matéria do Portal Mais Goiás, apresentada como se fosse do dia de hoje.

A publicação, de 1º de abril deste ano, dizia respeito a uma decisão judicial sobre as perdas dos mandatos do governador Marconi Perillo e do deputado federal Sandes Júnior, que já teve recurso acatado.

O Mais Goiás repudia com veemência essa conduta e condena o uso indevido de seu material noticioso com o objetivo de enganar ou iludir seus leitores. Conforme pode ser constatado na imagem da notícia que circula nas redes sociais, a postagem é de 1º de abril deste ano.

Na ocasião, a assessoria jurídica de Marconi anunciou que recorreria da decisão, em primeira instância. Além disso, o recurso tinha efeito suspensivo, ou seja, sem efetividade imediata, dependendo de confirmação pelo Tribunal de Justiça.