Incêndios

Número de queimadas cresce 37% em Goiás

O Corpo de Bombeiros registrou 479 casos de fogo em áreas florestais a mais que no mesmo mês do ano passado


Amanda Sales
Do Mais Goiás | Em: 19/09/2017 às 17:13:00

Incêndios em Goiás cresceram 37% (Imagem: Leitor/ Mais Goiás)
Incêndios em Goiás cresceram 37% (Imagem: Leitor/ Mais Goiás)

Agosto deste ano teve cerca de 400 registros de incêndio a mais que o mesmo período do ano passado em Goiás. As ocorrências de fogo em áreas florestais chegaram a 1.752, número 37% superior ao de 2016. Os dados são do Corpo de Bombeiros do Estado de Goiás.

Agosto foi o primeiro mês de 2017 em que o número de incêndios florestais foi superior ao ano passado. Enquanto 2016 fechou o mês com 1.273 ocorrência do tipo, neste ano foram registrados 1.752 casos. A diferença é de 479 incêndios.

Estes números são divididos entre casos de fogo na vegetação e em áreas agrícolas. Os dados do Corpo de Bombeiros mostram que, nas duas situações, 2017 bate recordes.

Ação humana e clima

O tenente coronel Ami de Souza, comandante do Corpo de Bombeiros, explica que agosto é o mês com maior quantidade de incêndios florestais. A situação é agravada pelo período de estiagem. No entanto, ações humanas são as principais causas dos incêndios.

“O fator climático é propício a esse tipo de ocorrência e o tempo ajuda na propagação do fogo, mas não dá para excluir a causa humana. São pessoas que colocam fogo para fazer aceiros, limpeza de lote e manejo de plantação. Caçadores que colocam fogo para capturar os animais ou fumantes que jogam cigarros na beira das rodovias”, pontua o comandante.

Além disso, Souza acredita que o aumento dos incêndios urbanos também está ligado aos incêndios florestais, uma vez que o fogo se inicia nas vegetações, se espalha e acaba atingindo casas, carros, terrenos ou comércios próximos ao local. Em agosto deste ano, os bombeiros foram chamados 590 vezes para apagar chamas dentro da cidade, enquanto no na passado, este número foi 432.

O comandante ressalta ainda que, em alguns casos, lotes baldios em Goiânia pegam fogo por causa da ação de usuários de droga que usam os terrenos como moradia e acabam colocando fogo acidentalmente no local.

Confira algumas imagens de incêndios pelo Estado:

(Imagens enviadas por leitores)

 

Amanda Sales é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Thaís Lobo