Imóveis de pelo menos quatro bairros de Goiânia estão sem energia após temporal

Segundo a assessoria da Celg, equipes foram mobilizadas e trabalham para restabelecer o serviço de energia elétrica o mais rápido possível

Árvores caídas, ruas alagadas e queda de energia elétrica. Um temporal atingiu Goiânia na tarde desta terça-feira (14) e causou diversos estragos. Em alguns pontos, moradores da Capital também registraram chuva de granizo.

A Avenida Araxá, no Jardim Ana Lúcia, as pedras de gelo cobriram a calçada e ventou muito. Na Avenida Aderup, na Vila Canaã, a enxurrada cobria as rodas dos carros e também choveu granizo.

Um transformador explodiu na Avenida Tocantins, no Setor Aeroporto, deixando moradores sem energia.

De acordo a Celg, as fortes chuvas, acompanhadas de ventos e granizo, provocaram danos na rede elétrica interrompendo o fornecimento de energia em diversos bairros, sendo que os mais afetados foram Bueno, Coimbra, Sudoeste e Cidade Jardim. Equipes da companhia foram mobilizadas e trabalham para restabelecer o serviço de energia elétrica o mais rápido possível.

Como consequência da chuva, o trânsito ficou lento em diversos pontos da Capital. Uma árvore caiu na Avenida César Lattes, no setor Novo Horizonte, impossibilitando a passagem dos veículos em uma das faixas da via. Árvores também caíram na Avenida Castelo Branco, sentido Trindade; na Avenida T-2, no Setor Bueno; e na Avenida T-9 com Rua 9, no Setor Marista.

Durante o temporal, os motoristas que passavam pela BR 153 tiveram que redobrar o cuidado por causa da falta de visibilidade. A central do Corpo de Bombeiros ficou sem energia durante a chuva e, por isso, não divulgou as ocorrências atendias durante a chuva. Na Avenida Milão, no Residencial Eldorado, a fachada de uma loja caiu em cima de carros que estavam estacionados no local.