Do Mais Goiás

IFG pode ter três mulheres na disputa por cargo de reitora

Candidaturas de professoras devem ser homologadas nesta terça-feira (1º)

IFG pode ter três mulheres na disputa por cargo de reitora
IFG pode ter três mulheres na disputa por cargo de reitora (Foto: IFG)

Assim como a Universidade Federal de Goiás (UFG) tem duas candidatas à reitoria, o Instituto Federal de Goiás (IFG) possui três candidaturas preliminares de mulheres. Disputam o pleito: Fabiane Costa Oliveira (professora do Campus Goiânia); Maria de Lourdes Magalhães (professora e atual diretora-geral do Campus Goiânia); e Oneida Cristina Gomes Barcelos Irigon (professora e atual pró-reitora de Ensino).

Destaca-se que, ainda nesta segunda (31), podem ser apresentados recursos contra a lista preliminar divulgada no sábado (29). A homologação das candidaturas ocorre, oficialmente, na terça (1o de junho), e pode ser conferida na página http://www.ifg.edu.br/eleicoes2021. “A lista preliminar com o nome dos eleitores deve ser divulgada no dia 2 de junho. E no dia 8, será divulgada a lista final”, complementa.

O primeiro turno das eleições, que valem para o quadriênio 2021-2025, acontecem em 14 de junho, das 9h às 21h, de forma remota. Segundo o regulamento, estão aptos a votar todos os servidores do Quadro de Pessoal Ativo Permanente da Instituição, efetivado até o dia 21 de maio de 2021. Também podem escolher a próxima reitora os discentes, regularmente matriculados até o dia 21 de maio de 2021, nos cursos ofertados pela Instituição, presenciais ou a distância, conforme estabelecido no Art. 44 do Estatuto do IFG.

UFG

A eleição para reitor da UFG, que será realizada entre os dias 8 e 9 de junho, conta com duas chapas lideradas por mulheres para o mandato de 2022-2026. Sandramara Chaves lidera a Chapa UFG Viva e Maria Fioravantis encabeça a Chapa Movimenta UFG.