Trânsito

Idoso morre após ser atropelado por veículo no Jardim Tropical, em Aparecida de Goiânia

Segundo informações da PM, o idoso foi atingido por um Ford Fiesta. Condutor fugiu após o acidente, mas se apresentou logo depois no 4° DP


Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás | Em: 21/05/2019 às 18:33:43

Idoso não resistiu aos ferimentos e morreu no local (Foto: Leitor/ Mais Goiás)
Idoso não resistiu aos ferimentos e morreu no local (Foto: Leitor/ Mais Goiás)

Um idoso de 77 anos morreu, na manhã desta terça-feira (21), após ser atropelado por um veículo na Avenida Lago dos Patos, no Jardim Tropical, em Aparecida de Goiânia. De acordo com a Polícia Militar (PM), José Gonzaga Guimarães andava de bicicleta no momento da batida.

Conforme a corporação, o idoso atravessava a avenida quando foi atingido por um Ford Fiesta. O condutor, que não teve a identidade divulgada, deixou o veículo num pet shop no local e fugiu do local. Equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local para prestar o resgate e, devido a gravidade do estado da vítima, foi solicitado o apoio do helicóptero do Corpo de Bombeiros. Porém, antes da chegada da aeronave, o idoso faleceu. Horas depois, o condutor do veículo se apresentou espontaneamente no 4º Distrito Policial da cidade, que fica no Setor Garavelo.

O titular da delegacia, Alex Nicolau Vasconcelos, destaca que o homem não foi preso pois não houve flagrante e pelo fato de ter se apresentado por vontade própria na delegacia. Ele conta que tem 30 dias para concluir o inquérito e que aguarda o resultado do laudo da perícia. “Nos próximos dias, também intimaremos testemunhas para entender o que aconteceu. Esperaremos o trabalho da perícia antes de divulgar o que o condutor disse em depoimento. Até mesmo para não atrapalhar as investigações”, ressalta.

A neta do idoso, Thays Guimarães, de 21 anos, contou ao Mais Goiás que a família está muito triste e que o idoso era acostumado a realizar o caminho para visitar um amigo que mora nas proximidades do local do acidente. “A gente ainda não tem muita certeza do que aconteceu. Sabemos que ali é uma via bastante movimentada e perigosa. Conseguimos um vídeo de um comércio da proximidade e está sendo levado por outra pessoa da família à polícia”, conta.

A jovem destaca que a família aguardava a liberação do Instituto Médico Legal (IML) para os preparos do velório. De acordo com o órgão, o corpo foi liberado no final da tarde desta terça-feira.