Idoso de 91 anos morre após ataque de abelhas

O caso aconteceu em uma Unidade Básica de Saúde de Campina Grande (PB). Outras nove pessoas foram feridas no ataque das abelhas

Idoso morre e nove pessoas ficam feridas após ataque de abelhas
Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, na Paraíba (Foto: João da Paz/Ascom/Divulgação(

Na última quarta-feira (22), um idoso de 91 anos morreu após reações alérgicas causadas por um ataque de abelhas. O caso aconteceu em Campina Grande (PB). O homem estava aguardando atendimento médico em uma Unidade Básica de Saúde (UBS), em Catolé de Boa Vista, distrito de Campina Grande, quando os insetos o atacaram.

Além do idoso, outras nove pessoas também foram picadas pelas abelhas, mas não tiveram mais complicações. As vítimas, que têm entre 18 e 91 anos, foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levadas para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, onde foram atendidas.

Sete das nove vítimas já foram liberadas. Outras duas seguem em estado regular. Segundo a Secretaria de Saúde, as abelhas saíram de uma colmeia que estava perto da Unidade Básica de Saúde.

Esse foi o terceiro ataque de abelhas registrado na Paraíba em menos de um ano. Em setembro do ano passado, cerca de 50 pessoas ficaram feridas após serem atacadas por abelhas durante um passeio no município de Serraria, interior da Paraíba.

Já em Brasília, no último domingo (19), um enxame de abelhas atacou duas mulheres e dois cachorros no estacionamento do Parque da Cidade. Ao tentar defender a dona, um dos cães morreu. O cachorro recebeu mais de 200 picadas no focinho.

A advogada Luana Lara Vieira, 38 anos, relatou que o ataque aconteceu logo após ela sair do carro. “Eu sequer consegui descer minhas coisas do carro, e as abelhas vieram”, disse. “Eu cheguei a falar: a gente vai morrer aqui”, completa a vítima.

Pedreiro é atacado e morto por abelhas durante pescaria em Acreúna

*Com informações do UOL