Vítima fatal

Idosa morre em incêndio residencial no Setor Pedro Ludovico, em Goiânia

O caso aconteceu na madrugada desta quarta-feira (11). Até o momento não há informações sobre as causas do incêndio; o imóvel ficou completamente destruído


Jessica Santos
Do Mais Goiás | Em: 11/09/2019 às 10:24:28

Incêndio que vitimou a idosa Diondina Ribeiro dos Santos, 84, no Setor Pedro Ludovico, pode ter sido causado por um acidente doméstico ou curto-circuito. (Foto: Reprodução)
Incêndio que vitimou a idosa Diondina Ribeiro dos Santos, 84, no Setor Pedro Ludovico, pode ter sido causado por um acidente doméstico ou curto-circuito. (Foto: Reprodução)

Uma idosa identificada como Diondina Ribeiro dos Santos, de 84 anos, morreu carbonizada depois que um incêndio de grandes proporções atingiu a casa em que morava, no Setor Pedro Ludovico, em Goiânia. O caso aconteceu na madrugada desta quarta-feira (11). Até o momento não há informações sobre as causas do incêndio.

As chamas foram percebidas por familiares da vítima, que moram no mesmo lote do imóvel que pegou fogo, por volta das 3h da manhã. Relatos dos vizinhos ao Corpo de Bombeiros revelaram que um neto da idosa tentou salvar a avó, mas não teve sucesso.

Cinco viaturas com cerca de 15 militares dos Bombeiros chegaram à residência por volta das 3h30. Segundo informações repassadas pelo tenente Rogério, que atuou na ocorrência, a corporação encontrou a casa trancada e precisou quebrar as janelas para combater o incêndio por dentro do imóvel.

Ainda conforme expuseram familiares da vítima, Diondina morava com o filho, que não estava na residência na ocasião. O imóvel, de aproximadamente seis cômodos, ficou completamente destruído e parte do telhado desabou.

A vítima foi encontrada já sem vida no local. Os bombeiros apuram os motivos do incêndio. Ainda não se sabe a causa da morte da idosa. “Vamos fazer a perícia para levantar o que causou o incêndio. O IML vai fazer o exame cadavérico para determinar o que levou a idosa a óbito. Somente após isso será possível montar um quadro do fato”, disse o tenente.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Mais Goiás (@maisgoias) em