Tentativa de feminicídio

Idosa é agredida com machado e jogada dentro de cisterna no Rio de Janeiro

Crime aconteceu em São Gonçalo; ex-namorado é suspeito do crime


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 02/01/2021 às 10:36:57

Idosa é agredida com machado e jogada dentro de cisterna no Rio de Janeiro (Foto: divulgação/PC)
Idosa é agredida com machado e jogada dentro de cisterna no Rio de Janeiro (Foto: divulgação/PC)

A Polícia Civil investiga uma tentativa de feminicídio ocorrida no primeiro dia do ano no bairro Anaia, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. A idosa Gelsineia Ferreira da Silva, de 62 anos, foi encontrada com ferimentos na cabeça, jogada dentro da cisterna no quintal da própria casa. O principal suspeito do crime é o ex-namorado da vítima, que está foragido.

A Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) apura os fatos. Em depoimento, familiares da vítima contaram que ela foi encontrada por uma de suas filhas. Segundo a filha, o ex-companheiro da mãe usou um machado nas agressões e depois a jogou na cisterna.

Ainda de acordo com o relato da filha, por volta de 7h ela entrou no quintal e ouviu um pedido de socorro vindo de dentro da cisterna. A mulher, de 35 anos, entrou em estado de choque ao ver que a mãe estava ensanguentada e sem condições de sair do local.

“Eu vi minha mãe molhada e ensanguentada. Eu queria morrer, foi o momento mais triste da minha vida, eu tive que ser forte, eu só queria chorar, principalmente, porque foi na manhã após o Ano Novo e ontem, na virada, nos oramos e estava tudo aparentemente bem!”, relatou a filha, ao jornal O São Gonçalo.

Gelsineia Ferreira foi socorrida e levada para o Hospital Estadual Alberto Torres, no bairro Colubandê, também em São Gonçalo. De acordo com a direção da unidade de saúde, ela permanece internada no CTI. Seu estado de saúde é considerado estável.

*Com informações do O Dia