Esquema

Identificado trio que roubou R$ 100 mil em jóias de apartamento em Goiânia

Criminosos que moram em São Paulo seriam especializados em invadir imóveis de pessoas de origem oriental. Um dos suspeitos continua foragido


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 09/10/2019 às 16:06:36

Delellis ainda está foragido; Matheus Ribeiro foi filmado entrando no edifício (Foto: Divulgação/PC)
Delellis ainda está foragido; Matheus Ribeiro foi filmado entrando no edifício (Foto: Divulgação/PC)

Imagens de câmeras de segurança ajudaram a identificar os três homens que, no dia sete de fevereiro, roubaram R$ 100 em jóias de um apartamento que fica na Rua R 11, no Setor Oeste, em Goiânia. O trio, segundo as investigações, mora em São Paulo e se especializou em arrombar casas e apartamentos de pessoas de origem oriental.

Câmeras de segurança do prédio mostram quando um jovem chega pouco antes de meio-dia, toca o interfone e convence o porteiro a liberar a entrada. Poucos minutos depois, já dentro do edifício, ele volta e pede que o porteiro libere a entrada para outra pessoa, que diz ser seu primo. Mais ou menos uma hora depois, os dois saem do edifício levando, em uma mochila, segundo apurou a polícia, R$ 100 mil em jóias.

Trio que rouba jóias

Durante as investigações, foi descoberto que o primeiro rapaz que chega e convence o porteiro a liberar a entrada era menor de idade à época, mas hoje já tem 18 anos. “Com a desculpa de que seria sobrinho de determinado morador, ele chegou e convenceu o porteiro a liberar a entrada dele. Em seguida voltou e pediu para que o funcionário abrisse o portão para seu comparsa, que é o Matheus Ribeiro de Castro, de 20 anos. O terceiro criminoso que nós também já identificamos, Ciro Delellis Carvalho, 38, ficou em um carro estacionado nas proximidades, aguardando pelos comparsas”, relatou a delegada Mayana Rezende, titular da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), da Polícia Civil.

Logo após o crime cometido em Goiânia, Matheus Ribeiro e o adolescente foram autuados em flagrante em abril passado, por roubo a uma residência, em São Paulo, e permanecem presos. Ciro Delellis está foragido. A Deic continua as investigações para descobrir como o trio, que mora em São Paulo, sabia o nome dos moradores do edifício que eles invadiram em Goiânia.