Pesquisa

Ibope mostra que maior problema de Goiânia para o goianiense é a saúde municipal

Segurança ficou em segundo, com 23%.

Cidades



Segundo pesquisa Ibope, a maior preocupação do goianiense no momento não é a segurança pública, mas sim a saúde municipal. Os pesquisadores do Ibope perguntaram aos entrevistados em qual área eles têm enfrentado mais problema. A área mais citada foi a saúde, com 43%. Segurança ficou em segundo, mas com porcentagem bem menor, 23%.

Na sequência vieram corrupção (6%), educação (5%), transporte coletivo (5%). A pesquisa do Ibope joga por terra o discurso populista de candidatos que vem afirmando que vão resolver o problema da segurança pública quando assumirem a prefeitura. Como se sabe, a segurança é de responsabilidade do governo estadual.

Nos últimos meses, as Forças Policiais reforçaram a atuação em Goiânia e os índices de criminalidade diminuíram. O Governo de Goiás adotou a linha de Tolerância Zero contra o crime e colocou a Rotam de volta às ruas da Capital. Propostas milagrosas e fantasiosas apenas atrapalham o debate sério sobre a questão da violência.

Em artigo no jornal Diário da Manhã desta terça-feira, o vice-governador José Eliton afirmou que o tema da segurança precisa ser tratado com extrema responsabilidade. “Propostas superficiais e soluções simplistas emanam com discursos de inversão desse cenário perverso: motivar o cidadão a enfrentar, com as próprias mãos, o agressor social”, diz Eliton.

De acordo com o vice-governador, “propostas das mais variadas possíveis, desde as absurdas às realistas, emergiram ou vão emergir desse anseio de angariar votos. Todavia, segurança pública é tema que deve ser tratado com responsabilidade, divisando-se o papel de cada ente federado no combate à criminalidade”.