Saúde

Hospital é condenado a pagar R$50 mil a jovem que perdeu testículo em cirurgia

De acordo com a família, jovem perdeu testículo por negligência do hospital


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 05/10/2019 às 07:40:13


A justiça do Distrito Federal manteve a condenação por danos morais contra um hospital particular e médico, acusados de negligência. O processo, que corre em segredo de justiça, refere-se à cirurgia que removeu um dos testículos de um adolescente, então com 15 anos. No entendimento da família, houve falha no diagnóstico.

De acordo com o laudo, o adolescente procurou a unidade particular de saúde apenas 3 horas após começar a sentir dores no testículo. Durante a consulta a consulta – que não encaminhou o garoto para nenhum exame que pudesse investigar o motivo – foram receitados remédios para administrar a dor.

Após alguns dias, ainda com dor, a mãe voltou a acompanhar o jovem ao médico, desta vez uma unidade pública do DF, na qual ele conseguiu realizar os exames necessários. O resultado dos exames apontaram uma torção no testículo e a necessidade de uma cirurgia de urgência.

Assim, ele voltou ao hospital particular para realizar a cirurgia. Ainda no entendimento da família do adolescente, a falha no diagnóstico foi determinante para que o adolescente precisasse passar pelo processo cirúrgico, no qual foi feita a remoção completa da região após uma necrose.

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJFTD) negou provimento a recurso do médico e hospital, que foram condenados a pagar R$50 mil reais de danos morais ao garoto, antes avaliados em R$15 mil. A família também receberá uma indenização por danos estéticos, fixados em R$20 mil.