Saúde

Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia será referência em oncologia

Huapa será reformado, adaptado e ampliado para prestar assistência em radioterapia, quimioterapia e exames de ponta


Goiás Agora
Do Goiás Agora | Em: 02/05/2017 às 07:54:05

OS é gestora do Hospital Estadual Materno-Infantil Dr. Jurandir do Nascimento, do Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia (Huapa) e da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes. (Foto: Divulgação)
OS é gestora do Hospital Estadual Materno-Infantil Dr. Jurandir do Nascimento, do Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia (Huapa) e da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes. (Foto: Divulgação)

A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) está discutindo a ampliação da rede de atendimento aos pacientes de câncer no território goiano. Na manhã desta sexta-feira (28), o secretário Leonardo Vilela e o superintendente-executivo da SES-GO, Deusdedith Vaz, além de outros representantes da pasta, reuniram-se com representantes do Ministério da Saúde e da Secretaria Municipal da Saúde de Aparecida de Goiânia para debaterem o plano de expansão de oncologia no Estado, previsto para ser implantado até 2019.

No encontro, foi discutido que o Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia (Huapa) será reformado, adaptado e ampliado para tornar-se um hospital especializado em oncologia, com a prestação de assistência em radioterapia, quimioterapia e realização de exames de ponta. Com a alteração, os casos de urgência e emergência passarão a ser concentrados, futuramente, no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) e no Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), ambos de grande porte, localizados na capital.

Coordenador-geral de Acompanhamento e Prestação de Contas do Fundo Nacional de Saúde do Ministério da Saúde, André Luiz Alves Silveira Martins adiantou que, inicialmente, ainda neste ano, Goiás vai ser contemplado com a instalação de equipamentos de ponta (acelerador linear) no Hospital Araújo Jorge da Associação de Combate ao Câncer no Estado de Goiás (ACCG), na capital, e na Unidade Oncológica de Anápolis, também pertencente à ACCG. A instalação dos dois novos aparelhos, de acordo com André Luiz Silveira, vai possibilitar a cessão de um acelerador linear para o Estado do Mato Grosso.

Superintendente-executivo da SES-GO avalia que a mudança do perfil do Huapa em hospital especializado em oncologia vai garantir um atendimento mais ágil e eficaz às pessoas que sofrem com o câncer. “Com a descentralização e ampliação da rede de atendimento, diminuímos a mobilidade do paciente, o que favorece a redução do custo arcado pela família e o aumento da efetividade do tratamento”, pontua. Além disso, assegura Deusdedith Vaz, a população terá mais acesso à assistência especializada. Atualmente, cerca de 80% dos procedimentos para o tratamento dos casos de câncer são realizados pela ACCG.

Os representantes da SES-GO, da Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida de Goiânia e do Ministério da Saúde estão definindo questões relacionadas à elaboração do projeto para a implantação do hospital especializado em oncologia em Aparecida de Goiânia. Após a reunião, a equipe fez uma visita técnica ao Huapa. O projeto, conforme Deusdedith Vaz, será apreciado por técnicos da Comissão Nacional de Energia Nulclear e da Superintendência de Vigilância em Saúde. Posteriormente, o projeto será licitado e executado.