No Huana

Hospital de Anápolis procura família de paciente desconhecido internado há 3 meses

O homem não fala e a única comunicação apresentada são respostas a estímulos de dor


Ton Paulo
Do Mais Goiás | Em: 28/10/2020 às 18:57:46

Foto: Huana
Foto: Huana

O Hospital de Urgências de Anápolis (Huana) segue na busca pelo paradeiro da família de um paciente internado na unidade desde o mês de agosto. O homem, que aparenta ter entre 50 e 60 anos, foi encontrado desacordado em uma rua de Porangatu e levado para o Huana. Porém, ele não fala e não responde a nenhum estímulo que possa ajudar a equipe a encontrar seus parentes.

Ao Mais Goiás, o Huana informou que o paciente, que foi encontrada sem nenhum documento no dia 2 de agosto, em Porangatu, deu entrada no hospital no dia 4 do mesmo mês. A unidade relatou que, quando chegou, ele apresentava rebaixamento de nível de consciência e traumatismo cranioencefálico (TCE) grave.

Seu estado demandou um tratamento cirúrgico e uma consequente internação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Hoje, o homem está na enfermaria, com quadro clínico estável. No entanto, ainda conforme o Huana, ele não fala e a única comunicação apresentada são respostas a estímulos de dor. “A equipe de profissionais pede pra ele piscar os olhos ou apertar a mão, se ele estiver entendendo, mas ele não compactua”, relatou o hospital.

O Huana já entrou em contato com a Polícia Civil para a coleta de digitais, o que possibilitaria a identificação do paciente. Porém, ainda não há nenhum pista sobre quem ele é e onde está sua família.

O telefone para contato, em caso de informações sobre o paciente, é (62) 3311-9100