Do Mais Goiás

Homicídios em Aparecida diminuem 38% nos primeiros três meses do ano

São 34 mortes entre janeiro e março; no período, haviam sido 55

Investigações de Homicídios (Foto: Divulgação/GIH)

A Secretaria de Segurança Pública registrou 34 homicídios em Aparecida entre os dias 1 de janeiro e 31 de março de 2021. O número é 38,18% menor que o registrado no mesmo período de 2020, quando houve 55 mortes violentas na cidade da Região Metropolitana. Os dados foram obtidos pelo Mais Goiás junto à SSP através da Lei de Acesso à Informação (LAI).

Ao todo a secretaria registrou 38 crimes violentos que acabaram em morte no período. Além dos homicídios, houve quatro feminicídios — um aumento de 100% em relação ao ano passado, já que não houve registros deste tipo de crime em Aparecida durante o primeiro trimestre do ano passado. Os dados de maio ainda não foram enviados.

Um desses crimes foi a morte de um homem a facadas registrada por câmeras de segurança, no Jardim Tiradentes, no dia 26 de abril. Na ocasião, as imagens registraram o momento em que a vítima caminhava e era abordada por dois homens que estavam em uma moto. Eles descem e dão pauladas até a vítima cair. Não contentes, eles voltam e dão facadas no pescoço do homem.

Em outro caso,  no dia 30 de janeiro, um jovem de 25 anos foi morto a tiros no Jardim Bonança. Segundo a Polícia Civil, a morte teria sido motivada por uma discussão sobre bombinhas. Clevison Cavalcante dos Santos estava em casa, quando um grupo passou pela rua e atirou bombinhas no chão. Ele teria ficado irritado e foi tirar satisfação com os homens. Após a discussão, um dos homens buscou uma arma de fogo e ao voltar na residência, atirou contra Clevison, que morreu no local.

Goiás

No estado todo, a pasta registrou entre janeiro e março, por exemplo, 323 homicídios; 7 latrocínios; 532 roubo a veículos; 278 roubos a residência.

Os dados são do Registro de Atendimento Integrado  (RAI). Assim, por se tratar de registro inicial da informação, considerando que não são índices contabilizados a partir dos resultados dos inquéritos, a informação não é consolidada. A estatística pode
flutuar devido ao andamento das investigações e a alteração de tipificações de naturezas registradas de forma temporária.