Do Mais Goiás

Homens fingem que são funcionários da Enel para invadir condomínios em Goiânia

Dois casos aconteceram no setor Oeste e no setor Bueno

Homens são suspeitos de se passar por funcionários da Enel para invadir condomínios em Goiânia
Homens são suspeitos de se passar por funcionários da Enel para invadir condomínios em Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Dois homens são suspeitos de se passar por funcionários da Enel Distribuição Goiás para invadir condomínios de Goiânia. Nesta segunda-feira (31), dois casos foram registrados por câmeras de segurança dos prédios que ficam no setor Oeste e no setor Bueno. Em ambos, as tentativas foram frustradas.

No primeiro caso, por volta das 22h, o homem se aproxima do prédio do setor Oeste, para no meio da rua e fica olhando para cima. Depois, aparece outro homem que vai para a entrada do condomínio junto do primeiro suspeito. Dentro do lugar, eles aparecem com um tablet conversando com um possível morador. Depois disso, eles saem prédio.

O segundo caso aconteceu no setor Bueno. Os mesmos homens aparecem também com um tablet, uma lista e com uniformes da Enel. A síndica do local, Francisca Lopes Ribeiro, disse que o suspeito informou ao porteiro que um morador estava sem energia e que precisava entrar no condomínio para resolver o problema. O porteiro então ligou para o morador, que estava ocupado e não atendeu.

Com medo, o trabalhador ligou, também, para síndica que disse que nenhum apartamento estava sem energia. Segundo ela, os suspeitos chegaram a mostrar o aparelho eletrônico dizendo que a visita estava agendada. Porém, o porteiro recusou a visita dos falsos funcionários e eles foram embora.

Posteriormente, a direção do condomínio falou com o morador, que disse que não havia agendado nenhuma visita e que o apartamento não estava sem energia.

Em nota, a Enel disse que os funcionários da empresa não realizam manutenção dentro das residências, o trabalho é apenas externo em casos de inspeções por danos elétricos, em que o cliente solicita o serviço. Ainda segundo a distribuidora, existe um protocolo de segurança para garantir o descarte correto dos uniformes que não estão mais em uso. Sobre os casos mencionados, a companhia revela que ainda não foi informada oficialmente pela autoridade policial, mas ressalta que entrará em contato para esclarecer as dúvidas e prestar as orientações

Leia a nota completa:

A Enel Distribuição Goiás esclarece que os técnicos a serviço da empresa não realizam manutenção dentro das residências, o trabalho é apenas externo. A companhia alerta sobre qualquer abordagem com pedidos para entrar na casa dos clientes, a empresa só realiza serviços internos em casos de inspeções por danos elétricos, em que o cliente solicita o serviço. Em caso de dúvidas, é fundamental que os clientes entrem em contato pelos canais de atendimento da distribuidora e verificar se há alguma solicitação em aberto para a unidade consumidora.

A Enel Distribuição Goiás informa, ainda, que existe um protocolo de segurança para garantir o descarte correto, dos uniformes que não estão mais em uso. Atualmente, apoiado pelo programa Enel Compartilha Empreendedorismo, o grupo Rede Mãos Livres de Goiás, confeccionam cobertores e bolsas feitos a partir de uniformes da Enel que seriam descartados.

Sobre os casos mencionados, a companhia esclarece que ainda não foi informada oficialmente pela autoridade policial da região, mas ressalta que entrará em contato para esclarecer as dúvidas e prestar as orientações.

*Com informações da TV Anhanguera

Defensoria Pública pede Renda Família a moradores de rua de Goiânia; leia.