Atentado

Homem tenta atirar em Ana Hickmann e é morto em hotel de BH

Homem invadiu quarto do hotel e depois de atirar duas vezes contra a cunhada da apresentadora foi morto pelo cunhado de Ana Hickmann.




Na tarde desse sábado a cunhada e assessora da apresentadora Ana Hickmann, Giovana Alves de Oliveira, foi vítima de dois disparos por arma de fogo no Hotel Caesar Business, no bairro Belvedere, região Sul de Belo Horizonte. A mulher foi levada para o hospital Biocor, foi submetida a uma cirurgia e passa bem.  As informações são do jornal O Estado de Minas Gerais.

A Polícia Militar afirmou  que o autor dos disparos estava hospedado no hotel e abordou o assessor e cunhado da apresentadora, Gustavo Correa, na saída do elevador. Portando um revólver caliber 38, o rapaz teria forçado a entrada no quarto em que Ana e Giovana estavam.

Segundo a PM, o agressor começou a falar frases desconexas e exigiu que eles ficassem de costas. Nesse momento, Gustavo teria tentado dissuadir o homem, que acabou atirando e atingindo o abdomem e o braço de Giovana. O assessor de Ana então entrou em luta corporal com o homem e pediu para as mulheres saírem do quarto. Segundo o depoimento de Gustavo, os três tiros que atingiram o agressor teriam ocorrido durante a luta.

 

 Rodrigo
O homem, que foi identificado como Rodrigo Augusto de Pádua, de 30 anos, de Juiz de Fora, na Zona da Mata Mineira, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Por meio de uma nota, o hotel Caesar Business comentou sobre ocorrido. Segundo o hotel, a apresentadora seria a vítima do atirador. “A rede Caesar Business confirma que a apresentadora Ana Hickmann foi vítima de um suposto fã na tarde desse sábado, 21 de maio, na unidade Belvedere, em Belo Horizonte. A apresentadora passa bem. O hotel lamenta ter sido local do ocorrido e afirma que está contribuindo para as investigações junto ás autoridades”, disse o comunidado.

IRMÃO CAÇULA

No início da noite, Helisson Augusto de Pádua foi ao hotel e se identificou como o irmão do agressor. Muito alterado, o homem disse que Rodrigo era “normal”, que apenas era reservado e que gostava de ficar no quarto, mas que nos últimos meses percebeu a fixação do irmão pela apresentadora Ana Hickamann através das postagens que ele fazia no instagram. “Ele era meu irmão caçula. Ele não tem uma arma, nunca teve, não sei onde ele conseguiu isso.”

(Foto:

Segundo Hellisson, o irmão vendeu tudo o que tinha para conhecer a cidade de Belo Horizonte. Ele teria chegado na sexta-feira à capital mineira. 

 

Aguarde mais informações!