Se deu mal...

Homem tenta assaltar casa e morre após ser imobilizado por moradores, em Anápolis

Polícia Civil investiga se houve excesso na imobilização. Fábio Luiz Canário possuía duas passagens por furto e receptação


Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás | Em: 02/05/2019 às 17:33:12

Caso está sendo investigado pelo GIH de Anápolis (Foto: Reprodução)
Caso está sendo investigado pelo GIH de Anápolis (Foto: Reprodução)

Um homem de 33 anos morreu, nesta quarta-feira (01), após tentar assaltar uma casa no Jardim Petrópolis, em Anápolis. Segundo a Polícia Civil (PC), Fábio Luiz Canário foi imobilizado pelo pai e pelo filho, de 59 e 30 anos, respectivamente, e, quando as equipes chegaram no local, já estava sem vida.

De acordo com a delegada Emilli Bailoni, do Grupo de Investigações de Homicídio (GIH), o filho se deparou com o assaltante dentro do quarto. Ao perceber que o homem tinha acordado, Fábio saiu correndo e levou a chave de um carro. Ele foi cercado na garagem pelos moradores e chegou ameaçá-los, simulando estar armado ao levar a mão na cintura.

Nesse momento, houve luta corporal com os homens e o suspeito foi imobilizado e caiu desacordado. Ele então foi amarado pelos moradores. A Polícia Militar (PM) foi acionada e, ao notar que Fábio estava sem sinais vitais, acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que apenas constatou o óbito.

A delegada conta que algumas testemunhas foram intimadas para depor nos próximos dias. “Iremos investigar se houve excesso na legítima defesa, pois, mesmo que seja uma ação para inibir algo, mas que ultrapassou para lesionar, eles poderão responder por homicídio”, destaca.

Fábio possuía duas passagens na polícia por furto e uma por receptação.