Do Mais Goiás

Homem que ficou bêbado e bateu na esposa é preso em Iporá

Suspeito gaba-se de ter matado outra mulher no Mato Grosso

Junto com a Polícia Militar (PM), a Polícia Civil prendeu um homem suspeito de agredir a esposa de 67 anos enquanto estava bêbado, em Iporá, a 226,5 km de Goiânia - Suspeito de agredir esposa de 67 anos enquanto estava bêbado é preso em Iporá
Polícia Militar ajudou a prender suspeito de agredir esposa (Foto: Laylla Alves - Mais Goiás)

As polícias Civil e Militar prenderam um homem que ficou bêbado e bateu na esposa em Iporá, a 226 km de Goiânia. O suspeito forçou a cabeça da mulher contra o muro de casa e a arrastou pelo chão. A vítima tem 67 anos e sofreu escoriações pelo corpo.

A Polícia Civil revelou que a vítima e o suspeito são casados. Ela estava em casa quando o investigado chegou alcoolizado e a agrediu. Os vizinhos ouviram os barulhos e acionaram a PM, que foi até o local e encontrou o suposto agressor e a vítima ensanguentada. Ele foi levado até a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) e foi preso em flagrante.

Homem que ficou bêbado e bateu na esposa gabava-se de matar outra mulher no MT

O delegado Igor Dalmy, responsável pelo caso, disse representou pela prisão preventiva do suspeito de agredir a esposa, visto que ele já se gabou para a vítima de ter matado uma mulher no Estado do Mato Grosso. Apesar do caso não ter sido confirmado, a polícia vê perigo em mantê-lo solto.

Além de lesão corporal qualificada, o homem poderá responder ainda por dano por ele ter quebrado alguns dos eletrodomésticos da vítima. A Polícia Civil informou que irá instaurar um inquérito policial para apurar se o caso pode ser considerado como tentativa de feminicídio. O investigado está recolhido no presídio de Iporá e está à disposição da Justiça.

Mais Goiás.doc fala sobre violência contra a mulher, Lei Maria da Penha e rede de apoio; assista.