TRAGÉDIA

Homem que estava desaparecido foi devorado pelos próprios cachorros, no Texas

Na casa da vítima havia 18 cães que, segundo a polícia, comeram todo o corpo do tutor. Causa da morte do homem não foi identificada


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 15/07/2019 às 18:50:17

Não foi possível determinar se a causa da morte de Mack foi um ataque dos animais (Foto: Reprodução)
Não foi possível determinar se a causa da morte de Mack foi um ataque dos animais (Foto: Reprodução)

Em maio deste ano a família do americano Freddie Mack, 57 anos, foi até a delegacia para reportar seu desaparecimento. De acordo com o  jornal britânico Metro, durante a investigação, os agentes descobriram que Freddie havia sido devorado pelos próprios cães: 18 cachorros de diferentes raças.

Durante as investigações, a polícia foi até a residência de Freddie, mas os animais impediram os agentes de entrar no local. Dias depois, quando voltaram, descobriram que nas fezes dos animais havia cabelos e ossos humanos, além de pedaços de roupas. Um exame de DNA confirmou que os restos mortais eram de Mack.

Não foi possível determinar se a causa da morte foi um ataque dos animais ou se após o falecimento havia sido devorado pelos cães. Segundo o xerife Aaron Pitts, todo o corpo do homem foi comido. “Nunca nós, ou alguém com quem falamos, ouvimos falar de um ser humano inteiro devorado”, afirmou.

Após a falecimento de Freddie, dois dos cães foram mortos por seus companheiros, 13 foram sacrificados por causa de sua “natureza agressiva” e três foram colocados para adoção.

(Com informações do Metrópoles)