PERNA CURTA

Homem mente e mobiliza 20 policiais para investigar crime que não aconteceu

Caso foi registrado em Rio Verde. Homem responderá por falsa denúncia e poderá ressarcir os cofres públicos


Artur Dias
Do Mais Goiás | Em: 17/09/2020 às 19:11:12

Bombeiros ficaram dois dias buscando os corpos no rio. (Foto: Reprodução / TV Anhanguera)
Bombeiros ficaram dois dias buscando os corpos no rio. (Foto: Reprodução / TV Anhanguera)

Um homem fez uma denúncia falsa de crime de homicídio em Rio Verde, a cerca de 230 km de Goiânia. Ele mentiu para a polícia, dizendo que matou dois bandidos que tentavam roubar uma fazenda, na zona rural da cidade. A identidade dele não foi revelada.

De acordo com informações da Polícia Civil (PC), o homem, que é caseiro da fazenda, disse que no dia 12 de setembro duas pessoas tentaram assaltar a fazenda. Ele teria então trocado tiros com os criminosos, matou ambos e jogou os corpos no rio. No dia seguinte ele compareceu à delegacia com uma espingarda, que teria sido usada para matar os invasores, e foi detido por posse ilegal de arma de fogo.

Para elucidar o falso crime, cerca de 20 pessoas foram mobilizadas. Peritos foram à fazenda para apurar a troca de tiros. Além disso, policiais militares e civis foram ao local. Equipes do corpo de bombeiros foram deslocadas para encontrar os corpos e uma Unidade do Instituto Médico Legal ficou de prontidão na fazenda.

Confissão

Depois de realizarem a investigação por dois dias e concluírem que nada havia acontecido, a polícia ouviu novamente o caseiro, que confessou a mentira, alegando que havia bebido na noite anterior à falsa denúncia. Ele chegou a ouvir um barulho de carro se aproximando e deu tiros para o alto e não apareceu ninguém.

O homem afirmou que inventou a estória porque queria criar uma imagem de herói para si mesmo, um ato de bravura.

Ele foi indiciado pelo crime de falsa denúncia de crime. Se condenado, poderá pegar até dois anos de prisão. Além disso, poderá ter que ressarcir os cofres públicos pelos recursos gastos na investigação