Falsidade ideológica

Homem é preso suspeito de vender atestados e receitas médicas, em Anápolis

Segundo a PM, na casa do suspeito foram apreendidos diversos carimbos de médicos que eram usados para falsificar os documentos


Thaynara Cunha

Do Mais Goiás | Em: 19/02/2019 às 11:36:34


(Foto: Divulgação / PM)
(Foto: Divulgação / PM)

Um homem foi preso, no início da noite desta segunda-feira (18), suspeito de comercializar receitas e atestados médicos no Jardim Eldorado, em Anápolis. Segundo a Polícia Militar (PM), Cleidyson de Oliveira Batista, de 31 anos, foi flagrado tentando vender um atestado médico pela quantia de R$ 50 a uma mulher que não quis se identificar à polícia. Ela teria suspeitado da legalidade da venda do documento e decidido acionar a polícia.

Conforme a corporação, a mulher teria marcado de se encontrar com Cleidyson na Avenida Juscelino Kubitschek, local onde seria finalizada a venda. Uma equipe se deslocou para o endereço no horário combinado e encontrou o comerciante portando o atestado falso.

Cleidyson levou a equipe até a sua residência onde foram encontrados vários carimbos contendo números de CRMs de médicos de Goiânia, vários blocos de receitas e atestados médicos.  Os documentos seriam vendidos para pessoas que tinham interesse de justificar atraso ou falta no trabalho. Com o homem também foi encontrada uma porção de maconha.

De acordo com a Polícia Civil (PC), o suspeito foi preso em flagrante e conduzido para a Unidade Prisional de Anápolis. Ele aguarda pela audiência de custódia que deve ser realizada até a próxima quarta-feira (20). Cleidyson, que já possuía diversas passagens pela polícia, foi autuado pelo crime de falsidade ideiológica. O caso será investigado pela 3ª Delegacia Regional de Polícia de Anápolis.

*Thaynara da Cunha é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Thaís Lobo