Feminicídio

Homem é preso suspeito de matar a mulher e tentar culpar o ex-marido da vítima, em Aparecida

Segundo o delegado, a vítima foi atingida por diversas facadas e morreu na hora. Homem foi autuado por feminicídio e está preso no 1º DP da cidade


Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás | Em: 14/07/2019 às 12:42:22

Faca e camisa suja de sangue encontra próximo ao local do crime (Foto: Divulgação/PM)
Faca e camisa suja de sangue encontra próximo ao local do crime (Foto: Divulgação/PM)

Um homem foi preso na noite deste sábado (13) suspeito de matar a esposa a facadas no Setor Eldorado, em Aparecida de Goiânia. Segundo a Polícia Militar (PM), Joani Bitu Júnior, de 39 anos, tentou colocar a culpa no ex-companheiro da vítima.

De acordo com o delegado Álvaro Melo, Joani e a vítima, Flávia de Souza Ribeiro, de 33 anos, foram em um bar na região e no momento em que retornavam para a casa, os dois teriam discutido e o homem desferiu diversas facadas na vítima, que morreu na hora. Nesse momento, passava uma viatura da Polícia Militar (PM) e, para despistar os policiais, ele alegou que uma terceira pessoa teria cometido o crime.

“Ele contou, visivelmente embriagado, que o ex-marido da vítima estava no bar e que tinha seguido os dois e batido na moto, arrastando-a por uns metros. Porém, a perícia constatou que não havia marcas de colisão da moto. Após isso, ele começou a entrar em contradição por diversas vezes”, conta o delegado.

Álvaro destaca que a corporação foi atrás do ex-marido da vítima, que negou o crime. Testemunhas também afirmaram que o homem cuidava de duas crianças, de 4 e 7 anos, filho dele com a Flávia. “Outro ponto que chamou a nossa atenção era que o homem não possuía nenhum tipo de condução”, pontua.

Ao realizem busca na mata próximo onde estavam, os policiais encontraram uma faca e uma camisa camuflada suja de sangue. O delegado, então, entrou em contato com outra filha da vítima, de 15 anos, que estava em casa e a mesma confirmou que os objetos pertenciam ao padrasto.

Apesar de negar o crime, o homem foi preso e autuado por feminicídio. Ele  está preso no 1º Distrito Policial de Aparecida.