Do Mais Goiás

Homem é preso por transportar 289kg de agrotóxico ilegal em Rio Verde

O produto que estava disfarçado em embalagens de sementes foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal na BR 060

Um homem foi preso em Rio Verde, Goiás, nesta quinta-feira (17). A Polícia Rodoviária Federal (PRF) abordou o condutor, um agrotécnico de 33 anos, que transportava 289 kg de agrotóxico e inseticidas com venda proibida no Brasil. Ele afirmou saber da irregularidade e assumiu a responsabilidade pela compra e transporte do produto.

De acordo com a PRF, os agrotóxicos de origem Paraguaia estavam em embalagens de sementes, envoltos em palha de arroz. Os policiais solicitaram o apoio de agentes da Agrodefesa de Rio Verde para verificar as constatadas irregularidades e aplicadar multas que podem chegar à soma de R$ 20 mil.

O agrotécnico disse que adquiriu o produto na cidade de Dourados, Mato Grosso do Sul, e que pretendia revende-los em fazendas da região de Cristalina, Goiás. O produto, o homem e o veículo foram encaminhados à Polícia Judiciária.

De acordo com o Gerente de Fiscalização da Agrodefesa de Goiás, Márcio Alessandro, o agrotóxico apreendido não possui permissão para ser comercializado no país. “Esse produto era fruto de contrabando. Nosso fiscal que foi chamado pela PRF identificou que o rótulo estava em outra língua, sendo fácil de identificar que era contrabandeado”, explicou Márcio.

 

*Larissa Feitosa é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira