Cidades

Homem é preso por tentar matar outro após briga causada por cigarro, em Luziânia

Crime ocorreu em 2005, em Taguatinga (DF), após a vítima oferecer um cigarro já aceso ao invés de um novo do maço


Joao Paulo Alexandre

Do Mais Goiás | Em: 01/08/2018 às 09:31:37


Homem teria se irritado com a ação da vítima e desferiu diversos golpes de facas (Foto: Divulgação/ PC)
Homem teria se irritado com a ação da vítima e desferiu diversos golpes de facas (Foto: Divulgação/ PC)

Um homem foi preso na tarde desta terça-feira (31) suspeito de tentar matar outro por causa de um cigarro. Edilson da Silva Nunes, de 42 anos, estava com um mandado de prisão em aberto desde o crime, ocorrido em 2005, e foi preso em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal.

Segundo o delegado do Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) da cidade, Maurício Passerini, o crime aconteceu em Taguatinga (DF) no dia 31 de outubro daquele ano. Edilson teria solicitado um cigarro para a vítima, Joari Rosa de Sousa, e a mesma ofereceu o que já fumava e não um novo de dentro do maço.

Por conta da ação da vítima, Edilson começou a ofende-la com palavras de baixo calão e se agrediram fisicamente. Após a briga, o autor se dirigiu até a sua casa e, sob posse de uma faca, desferiu diversos golpes na região do tórax de Joari, que foi socorrido e conseguiu sobreviver ao ataque.

O autor fugiu da cidade e, após compartilhamentos de informações entre as polícias civis do DF e de Goiás, foi possível encontrar o paradeiro de Edilson. Conforme explica Maurício, o autor estava aparentemente embriagado e chegou a negar o crime. “Porém tivemos acesso ao Boletim de Ocorrência (BO) feito pela Polícia Militar do DF e constatamos que no depoimento da vítima há detalhes que o aponta como o autor”, destaca.

Edilson foi encaminhado para o Centro de Prisão Provisória (CPP) de Luziânia e aguarda o recambiamento para o DF. Ele responderá por tentativa de homicídio qualificado por motivo torpe.