Homicídio

Homem é preso depois de matar uma mulher a pauladas, esconder o corpo e furtar a casa da vítima

Crime foi cometido em outubro de 2018. Em depoimento à Polícia Civil ele disse que matou e que mataria de novo se fosse preciso.


Artur Dias
Do Mais Goiás | Em: 02/01/2019 às 20:06:15

Nilciene Aparecida da Silva estava desaparecida desde outubro e foi encontrada em uma estrada vicinal em Abadiânia. (Foto: Reprodução / TV Anhanguera)
Nilciene Aparecida da Silva estava desaparecida desde outubro e foi encontrada em uma estrada vicinal em Abadiânia. (Foto: Reprodução / TV Anhanguera)

Aparecido José da Silva foi preso na manhã desta quarta-feira (2) após confessar à polícia ter matado uma mulher a pauladas em Abadiânia, a 90 km de Goiânia. A vítima, Nilciene Aparecida da Silva, estava desaparecida desde outubro de 2018.

Depois de confessar o crime e se entregar à Polícia Civil – PC em Anápolis, Aparecido levou as autoridades até o local onde escondeu o corpo. Ele foi encontrado em uma estrada vicinal em Abadiânia em avançado estado de decomposição. A vítima foi identificada pelas roupas e pelas características físicas, que batiam com a descrição feita pela família. Haviam também marcas de pancadas na cabeça.

Após cometer o crime, o acusado foi até a casa de Nilciene e furtou uma série de móveis e eletrodomésticos. Por esse motivo, além da prisão, foi cumprido um mandado de busca e apreensão na casa dele. Lá foi encontrada uma arma de fogo, mas não se sabe ainda se ela foi utilizada no crime.

“Mataria de novo”

De acordo com informações da PC, Aparecido e Nilciene tiveram um rápido relacionamento amoroso e o crime foi cometido depois de uma discussão. Não se sabe ainda o que motivou a briga.

Ainda segundo a polícia, ao ser detido ele disse que “matou e que mataria de novo se fosse preciso”. O acusado responderá por homicídio, ocultação de cadáver e posse ilegal da arma de fogo que foi encontrada em sua residência. Se condenado, poderá pegar até 26 anos de prisão.