Tráfico Internacional de Drogas

Homem é preso com 600 quilos de maconha em Novo Gama

Segundo a PM, droga teria vindo do Paraguai e passado por Goiânia rumo à cidade satélite


Joao Paulo Alexandre

Do Mais Goiás | Em: 08/12/2018 às 16:41:52


Homem alegou que receberia R$ 1 mil para o transporte da droga (Foto: Divulgação/PM)
Homem alegou que receberia R$ 1 mil para o transporte da droga (Foto: Divulgação/PM)

Um homem foi preso na manhã deste sábado (8) suspeito de tráfico internacional de drogas em Novo Gama, no Distrito Federal (DF). Segundo a Polícia Militar (PM), Ronilson Tomas de Moura, de 37 anos, foi detido com 600 quilos de maconha e seria o responsável de fazer a distribuição da droga pelas cidades que compõem o entorno do DF.

A detecção da droga foi viabilizada por uma denúncia anônima, que possibilitou a localização do detido dirigindo em “atitude suspeita” pela cidade. Agentes o acompanharam até a entrada de uma residência no Bairro Pedregal e, de lá, até o porto seco da cidade satélite de Santa Maria. As suspeitas eram de que ele faria a distribuição dos entorpecentes.

Uma vez abordado, Ronilson apresentou uma falsa Carteira Nacional de habilitação (CNH), na tentativa de despistar os PMs. Porém, policiais encontraram 200 quilos da droga no interior do carro em que ele estava. De volta à residência, os militares encontraram os outros 400 quilos de maconha, bem como dois carros, Ford Fiesta Sedan e Toyota Hilux, ambos com placas adulteradas.

Segundo o major Artur, do Grupo de Patrulhamento Tágico (GPT) de Santo Antônio do Descoberto, responsável pela prisão, os carros teriam sido roubados em Mato Grosso e Brasília. “A droga vinha do Paraguai. Passou por Goiânia e foi encaminhada até Novo Gama”. De acordo com o que foi apurado, o Ronilson era responsável apenas pelo transporte da droga, serviço pelo qual receberia R$ 1 mil.

 

Documento falso apresentado pelo suspeito (Foto: Divulgação/PM)

Ronilson já possui registro criminal por roubo, cometido em Corumbá de Goiás. O suspeito, juntamente com a droga, foi encaminhado para a sede da Polícia Federal.