Do Mais Goiás

Homem é preso após perseguir e agredir ex-companheira em Joviânia

O agressor foi preso dano, injúria e ameaça, no âmbito da Lei Maria da Penha, e responderá também pela prática de "stalking"

Justiça mantém restrição a visitas presenciais de defensores públicos a presos
Justiça mantém restrição a visitas presenciais de defensores públicos a presos (Foto: Reprodução)

Um homem, de 36 anos, foi preso na quarta-feira (2) em Joviânia suspeito de perseguir e agredir uma ex-companheira. De acordo com a Polícia Civil, após o fim do relacionamento, ele passou a monitorar os passos da mulher e ameaça-la de forma reiterada. Os dois tiveram um caso amoroso que teria durado sete anos.

No último domingo (30), ao avistar a ex-companheira em uma praça da cidade, aproximou-se e proferiu xingamentos diversos contra ela. Na mesma ocasião, derrubou e pisoteou a motocicleta da vítima, causando prejuízos avaliados em R$ 500.

A mulher, então, denunciou o crime. A Polícia Civil então solicitou prisão preventiva e foi atendida pela Justiça. O suspeito acabou sendo preso e levado para a Unidade Prisional de Joviânia

O agressor foi indiciado pela prática dos crimes de dano, injúria e ameaça, no âmbito da Lei Maria da Penha, e responderá também pela prática de “stalking”, crime que consiste em perseguir alguém ameaçando sua integridade física ou psicológica.