Assassinato

Homem é condenado a 17 anos por matar outro com pedaço de concreto no Setor Coimbra

Confusão teria sido iniciada pela vítima, que xingou o autor em novembro de 2016. Pena deverá ser cumprida em regime fechado


Thaynara Cunha
Do Mais Goiás | Em: 31/10/2018 às 11:49:39

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Antônio José Pereira dos Santos, 43, foi condenado a 17 anos e seis meses de prisão por ter provocado a morte de Uilho Duarte Teixeira, 42, depois de ter sido xingado pela vítima. Um pedaço de concreto foi utilizado para cometer o crime, ocorrido em 2016, no Setor Coimbra. O caso foi julgado pela 3ª Vara dos Crimes Dolosos Contra a Vida e Tribunal do Júri, com sessão presidida pelo magistrado Jesseir Coelho de Alcântara. A pena deverá ser cumprida em regime fechado, na Penitenciária Odenir Guimarães (POG), antigo Cepaigo.

De acordo coma peça acusatória do Ministério Público (MP-GO), tudo ocorreu por volta das 5h30 do dia 9 de novembro daquele ano, Avenida Perimetral, Setor Coimbra. Consta nos autos que Uilho xingou Antônio ao passar pelo local. Na sequência, ofendido, o autor atacou a vítima com um pedaço de concreto, o qual foi utilizado para desferir golpes contra cabeça de Uilho.

Após o ato criminoso, Antônio notou que havia sujado o próprio tênis com o sangue da vítima. Desse modo, retirou e calçou os da vítima, deixando os seus em uma lixeira a poucos metros do local. Câmeras de segurança, porém, captaram o momento exato do descarte. Minutos depois, uma equipe da Polícia Militar (PM), tendo as características físicas do acusado, localizou o autor e o prendeu em flagrante. Antônio confessou.

 

*Thaynara da Cunha é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Thaís Lobo