Cidades

Homem é assassinado a tiros dentro de igreja no Jardim Guanabara, em Goiânia

Segundo a Polícia Militar, vítima foi atingida por disparos dentro do escritório da instituição religiosa; ninguém foi preso


Joao Paulo Alexandre

Do Mais Goiás | Em: 18/10/2018 às 15:05:18


Segundo a PM, vítima foi atingida por três disparos no tórax e pescoço (Foto: Leitor/Mais Goiás)
Segundo a PM, vítima foi atingida por três disparos no tórax e pescoço (Foto: Leitor/Mais Goiás)

Um homem de aparentemente 30 anos foi assassinado no interior da Igreja Luz Para os Povos, no início da tarde desta quinta-feira (18), no Jardim Guanabara, região Norte de Goiânia. Segundo as informações da Polícia Militar (PM), a vítima foi atingida por três disparos. Ninguém foi preso.

A corporação relatou que foi acionada e realizou o isolamento do local até a chegada da Polícia Civil. Testemunhas destacaram aos policiais que o homem foi atingido dentro do escritório da igreja por dois homens que fugiram em uma motocicleta.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas apenas constataram o óbito. Segundo a corporação, os disparos atingiram o tórax e pescoço da vítima. O corpo ficou a cargo do Instituto Médico Legal (IML) e uma equipe da Delegacia de Investigações de Homicídios encontra-se no local.

O Mais Goiás entrou em contato com a igreja que, por meio de nota, se solidarizou com os familiares e destacou que a vítima se chamava Ednaldo e era participante, há quase um ano, de um trabalho de recuperação para pessoas que cumprem penas alternativas que o ministério promove. Segundo a instituição religiosa,o homem participou recentemente de um retiro espiritual que durou três dias. Apesar de não saberem as causas do assassinato, acreditam que possa se tratar de algum acerto de contas. Confira a nota completa abaixo.

O Ministério Apostólico Luz Para os Povos lamenta muito o ocorrido no final da manhã desta quinta-feira, quando um homem conhecido por Ednaldo foi baleado dentro de uma igreja do nosso ministério, a Luz Para Os Povos do Jardim Guanabara I, na Avenida Vera Cruz.

Há certo tempo, a igreja faz um trabalho de recuperação com jovens e adultos, incluindo trabalho envolvendo alguns que cumprem penas alternativas. A vítima estava no projeto há quase 1 ano, e havia acabado de voltar do Encontro com Deus, um retiro espiritual com duração de três dias.

Os pastores responsáveis pela igreja, Cleudimar Antônio Serra e Maria José Serra, não têm conhecimento da causa do assassinato, mas acreditam que tenha sido algum acerto de contas. Todos aguardam as investigações policiais.

Nosso sincero consolo aos familiares e membros da Luz Para Os Povos – Jardim Guanabara I