Cidades

Habeas Corpus do MP pode promover a soltura de 1.513 detidos provisoriamente na CPP

Segundo o MP, medida é necessária para atender a lei, evitar rebeliões e óbitos, além de prevenir danos à estrutura da penitenciária. Beneficiados deverão ser monitorados, mas ainda não há tornozeleiras suficientes para atendê-los  

Hugo Oliveira
Do Mais Goiás
| Postado em: 05/10/2018 às 12:04:39
Habeas Corpus do MP pode promover a soltura de 1.513 detidos provisoriamente na CPP
Segundo promotor, casa funciona em situação de superlotação (Foto: reprodução/Google Street View)


Compartilhe



Compartilhe