ELEIÇÃO

Gustavo Gayer é o candidato do partido DC a prefeito de Goiânia

Anúncio é feito um dia após delegado Eduardo Prado tirar nome da disputa; vice-presidente da sigla diz que "escolha de retirar candidatura foi exclusivamente dele"


Francisco Costa
Do Mais Goiás | Em: 15/09/2020 às 14:44:39

Gustavo Gayer e Alexandre Magalhães (Foto: Divulgação)
Gustavo Gayer e Alexandre Magalhães (Foto: Divulgação)

Gustavo Gayer foi formalizado como candidato do DC à prefeitura de Goiânia, nesta terça-feira (15), em convenção da sigla no auditório da faculdade Sensu, centro da capital. O nome dele foi definido um dia após o deputado estadual delegado Eduardo Prado retirar sua pré-candidatura. Segundo o vice-presidente da sigla, Leonardo Batista, “a escolha de retirar a candidatura foi exclusivamente dele”.

Destaca-se, ainda, que o presidente estadual da sigla, Alexandre Magalhães será vice na chapa. Ou seja, será uma chapa “puro sangue”. Desta forma, Leonardo assume interinamente o Diretório Estadual do DC.

“Achamos que as pessoas que se identificam realmente com essa proposta com Goiânia estão no DC”, diz Leonardo sobre a chapa puro sangue. “Mas também não houve ideia do núcleo municipal de abrir conversas com outros partidos”, completa.

Também segundo ele, a ideia é oxigenar e apresentar uma proposta nova. “Muito ligada ao que o presidente Bolsonaro fez na última eleição e que o grupo do presidente também aspira. O Gustavo representa muito a direita nessa militância, e o Alexandre traz credibilidade e experiência.”

Interino

Sobre assumir a presidência do DC, ele afirma que “é uma honra muito grande assumir o diretório estadual”. Leonardo diz que vai assumir a pedido do próprio presidente Alexandre.

Além disso, Batista declara que isto serve para dar continuidade ao que ele já vem fazendo dentro da sigla. “Satisfação muito grande. São mais de 40 municípios em que o partido está presente e vamos nos empenhar para ganhar na maioria deles”, conclui.

Ainda durante a convenção desta terça, que ocorreu até às 13h, foram apresentados os nomes dos candidatos que disputarão vagas para a Câmara Municipal neste pleito.

Leonardo Batista (Foto: Divulgação)

Eduardo Prado

Vale lembrar que o deputado estadual Eduardo Prado retirou sua pré-candidatura à prefeitura de Goiânia, na segunda-feira (14). Em nota, ele “que decisão ocorre após conversa com base eleitoral, equipe, família e integrantes do DC”.

Ainda segundo a nota, o parlamentar diz que tem o sonho de gerir a “cidade em que nasceu”. Apesar de reconhecer a liderança do presidente do partido, o empresário Alexandre Magalhães, Prado diz que “discorda do DC não seguir unido para a disputa de novembro, o que inviabiliza a sustentação de uma candidatura competitiva”.

“O compromisso firmado entre mim e o DC era de que haveria um consenso interno, absoluto, em torno do nome que mais se destacasse e pontuasse nas pesquisas eleitorais. Sou homem de palavra e compromisso. O partido não cumpriu o primeiro acordo firmado comigo, o que fragiliza qualquer projeto político sério. Não participo de certos jogos políticos. Ademais, há informações de que o DC não rompeu com a base do Governador Ronaldo Caiado, havendo possibilidade de alianças com outros candidatos antes mesmo da convenção partidária”, expõe Delegado Eduardo Prado.