DURANTE O CARNAVAL

Guarda municipal do RJ leva homem preso em van com placa coberta, veja o vídeo

Em nota, Secretaria de Ordem Pública do Rio afirmou que ambulante desacatou e agrediu policiais. Afirmou ainda não compactuar com irregularidade sobre a identificação veicular

Brasil

Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 25/02/2020 às 17:56:55

Homem detido tem entrada forçada pela Guarda Municipal do RJ em veículo não identificado(Foto: reprodução/Vídeo)
Homem detido tem entrada forçada pela Guarda Municipal do RJ em veículo não identificado(Foto: reprodução/Vídeo)

Vídeo divulgado nas redes sociais mostra a Guarda Municipal do Rio de Janeiro (RJ) conduzindo um detido para uma van de uso privado que estava com placas de identificação cobertas. Na gravação, vários homens uniformizados e à paisana tentam forçar a entrada do homem, que resiste, no veículo.

Enquanto isso, pessoas que estavam próximas proferem gritos para que o conduzido fosse solto. “Ele não é bandido”, disse uma mulher. A cena foi registrada no último sábado (22), durante o carnaval, na capital fluminense. Outros transeunte questiona: “Solta ele! Por que o carro não tem placa? Vamos ter que seguir esse carro”.

A Secretaria de Ordem Pública do Rio de Janeiro (Seop), afirmou em nota que o veículo é de uma empresa de transporte, que foi contratada para dar suporte ao órgão durante o evento. A van, segudo o documento, serviria pricipalmente para o transporte de agentes escalados para operação nas ruas da cidade.

De acordo com a mesma nota, o detido tratava-se de um ambulante, que teria desacatado e agredido a equipe com garrafas de vidro. Ele estaria ainda com uma faca.

O veículo, segundo a Seop, foi usado em circunstância emergencial para conduzir o referido ambulante à 4ª Delegacia de Polícia. O órgão afirma apurar a situação registrada em vídeo e afirma ter pedido explicações à transportadora sobre as placas estarem cobertas. Seop afirma não compatuar com esta irregularidade.

Transeuntes questionam “cadê a placa? (sic)” (Foto: reprodução/Vídeo)

*Com informações da Revista Veja.

Tópicos