Do Mais Goiás

Grêmio Anápolis tira invencibilidade do Atlético e abre vantagem na semifinal do Goianão

Gol do jogo foi marcado pelo atacante Lucão, aos 36 minutos do segundo tempo

Foto: Bruno Corsino/ACG

No Jonas Duarte, nesta terça-feira (4) o Grêmio Anápolis mostrou que não está para brincadeira no Goianão e tirou a invencibilidade do Atlético na temporada, que durava 16 jogos. A raposa aproveitou que o time campineiro entrou com um time reserva e com uma partida segura defensivamente, o time bateu o Dragão por 1 a 0. O gol do jogo foi do atacante Lucão.

Com a vitória, o Grêmio tem a vantagem de poder empatar no jogo da volta, que ocorre domingo (9), às 18h30, no estádio Jonas Duarte. Já o Atlético, antes do duelo decisivo no estadual, terá mais um confronto importante. O rubro-negro vai até o Paraguai enfrentar o Libertad, em duelo que vale a liderança do Grupo F da Sul-Americana.

Mesmo com um time reserva, o Dragão começou melhor e fez valer a maior qualidade técnica, porém a equipe tinha dificuldades em furar a boa defesa do Grêmio Anápolis. Até por isso, o Dragão conseguiu chegar em finalizações de fora da área. Primeiro com Gabriel Baralhas, mas o goleiro Jordan fez excelente defesa. Depois em mais uma finalização de longa distância, com André Luis, porém a bola passou próximo a trave do arqueiro anapolino.

Se no primeiro tempo, o Grêmio Anápolis estava recuado e na busca por um contra-ataque, no segundo tempo o time voltou com uma postura mais ofensiva, mas pecava no último passe. A primeira boa chance foi do Atlético, em chegada pela esquerda com Igor Cariús, que cruzou para André Luis, mas o atacante mandou por cima do gol. O Dragão ainda teve outra chance com Pablo Dyego em uma cabeçada, mas parou nas mãos do goleiro Jordan.

O Grêmio teve a chance de abrir o marcado em uma boa triangulação, que começou na direita e termino na esquerda, com a finalização de Matheus Martins, mas o jogador mandou para fora. Porém aos 36 minutos, Lucão não perdoou. Após cruzamento de Robert da direita, o atacante da Raposa cabeceou no canto para vencer o goleiro Kozlinski e marcar seu quarto gol na competição.

O jogo para o Dragão se complicou ainda mais aos 38 minutos, após Oliveira receber o cartão vermelho. Com um jogador a mais, o Grêmio viu a chance de ampliar o marcador e por pouco não chegou ao segundo com Yan, em cobrança de falta, mas Kozlinski fez a defesa. Já o Atlético, colocou alguns titulares em campo, mas não conseguiu ultrapassar a boa barreira montada pelo Grêmio Anápolis e viu sua invencibilidade na temporada ser encerrada.