Do Mais Goiás

Governo pretende implantar 86 escolas de tempo integral em Goiás

Comissão foi criada para avaliar a implantação de novas unidades em 50 cidades

Portaria assinada pela secretária estadual de Educação, Fátima Gavioli, institui uma equipe para implantação do Programa de Educação em Tempo Integral nas Unidades Escolares de Ensino Médio da Rede Pública Estadual. A pretensão é implantar 86 escolas de tempo integral em Goiás.

A Equipe de Implantação do Programa de Educação em Tempo Integral, a qual será responsável pelo processo de implantação, regulamentação e funcionamento do programa na Rede Pública Estadual de Ensino. O grupo será composto por um Coordenador-Geral, um Especialista Pedagógico, um Especialista em Gestão e um Especialista em Infraestrutura, todos com lotação na Superintendência de Educação Integral.

As unidades estão distribuídas em 50 municípios goianos. Do total de escolas, 16 delas serão edificadas em Goiânia. Oito em Aparecida, quatro em Formosa, três em Anápolis. Confira as demais cidades:

1- Alvorada do Norte – Colégio Estadual Antônio Claret Cardoso

2- Anápolis – CEPI Dr. Genserico Gonzaga Jaime*

3- Anápolis – Colégio Estadual Gomes de Souza Ramos

4 -Anápolis – Colégio Estadual José Ludovico de Almeida

5- Aparecida de Goiânia -CEPI Cecília Meirelles

6 -Aparecida de Goiânia -CEPI Cruzeiro do Sul

7- Aparecida de Goiânia -CEPI Donato Coutinho de Abreu

8- Aparecida de Goiânia – CEPI Garavelo Park

9- Aparecida de Goiânia -Colégio Estadual Nova Cidade

10- Aparecida de Goiânia – Colégio Estadual Professora Telma Vieira de Sales

11- Aparecida de Goiânia -Colégio Estadual Santa Luzia

12- Aparecida de Goiânia – Colégio Estadual Michelle do Prado Rodrigues

13- Aragarças -Colégio Estadual Dr. Rubens C. de Aguirre

14- Bela Vista de Goiás – CEPI Pedro Vieira Januário

15 Caldas Novas -CEPI Caldas Novas

16- Campinorte- Colégio Estadual Deoclides Martins da Costa

17- Campos Belos -CEPI Polivalente Profª Antusa

18- Catalão -CEPMG Doutor Tharsis Campos

19- Ceres -CEPI João XXIII

20- Cidade Ocidental – CEPI Maria de Jesus Alves

21- Cristalina – CEPI Zulca Peixoto de Paiva

22 Fazenda Nova – Colégio Estadual Pedro Ludovico Teixeira

23- Formosa -Colégio Estadual Helena Nasser

24- Formosa- CEPI Hugo Lobo

25- Formosa – CEPI Prof. Sérgio Fayad Generoso

26- Formosa -Colégio Estadual Americano do Brasil

27- Goianésia – Escola Estadual Presidente Costa e Silva 2

28- Goiânia -CEPI Carlos Alberto de Deus

29- Goiânia – CEPI Cultura e Cooperativismo

30-Goiânia -CEPI Dom Abel SPL

31- Goiânia – Colégio Estadual do Setor Sudoeste

32- Goiânia – CEPI Ismael Silva de Jesus

33- Goiânia – CEPI Joaquim Edson de Camargo

34- Goiânia- CEPI Juvenal José Pedroso

35- Goiânia – CEPI Lyceu de Goiânia

36- Goiânia -Colégio Estadual Luis Perillo

37- Goiânia – CEPI Professora Olga Mansur

38- Goiânia- CEPI Pedro Xavier Teixeira

39- Goiânia – CEPI Presidente Castello Branco

40- Goiânia – CEPI Pré-Universitário

41- Goiânia – CEPI Prof. Joaquim Carvalho Ferreira

42- Goiânia – CEPI Prof. Pedro Gomes

43- Goiânia – CEPI Novo Horizonte

44-Goiatuba – Colégio Estadual Oséas Borges Guimarães

45- Guapó -CEPI Professora Liodósia Serra Ramos

46- Iaciara -Colégio Estadual Raimundo Rocha Ribeiro

47- Inhumas -CEPI Ary Ribeiro Valadão Filho

48- Iporá -CEPI Osório Raimundo de Lima

49- Itaberaí -CEPI Honestino Monteiro Guimarães

50- Itapaci – CEPI Santa Terezinha

51- Itumbiara -CEPI Dom Veloso

52- Jataí -CEPI João Roberto Moreira

53- Jataí -CEPI José Feliciano Ferreira

54- Jussara – CEPI Dom Bosco

55- Luziânia- Colégio Estadual Hélio Rodrigues de Queiroz

56- Luziânia -CEPI Osvaldo da Costa Meireles

57- Mara Rosa- Colégio Estadual Presidente Castelo Branco

58- Mineiros -CEPI Polivalente Antônio Carlos Paniago

59- Mineiros – Colégio Estadual Dom Eric James Deitchman

60- Morrinhos -CEPI Sylvio de Mello

61- Niquelândia – CEPI Joaquim Maria de Godoi

62- Nova Glória – Colégio Estadual Heloisa de Fátima Vargas

63- Nova Veneza- Escola Estadual Jose Peixoto

64- Novo Gama – Colégio Estadual Mont Serrat

65- Novo Gama – Colégio Estadual Carlos Drumond de Andrade

66- Palmeiras de Goiás -CEPI Barão do Rio Branco

67- Piracanjuba Colégio Estadual Ruy Brasil Cavalcante

68-  Piranhas- Colégio Estadual Maria Eulália de Jesus Portilho

69- Planaltina – Colégio Estadual Complexo 09

70- Planaltina -Colégio Estadual Complexo n.º 02

71-Planaltina -Colégio Estadual Doutor Dirceu Ferreira de Araújo

72- Pontalina -Colégio Estadual Jerônimo Pereira Maia

73- Porangatu – CEPI Prof. Waldemar Lopes do Amaral Brito

74- Posse -CEPI Argemiro Antônio de Araújo

75- Quirinópolis -CEPI Independência

76- Rianápolis -CEPI Gricon e Silva

77- Rio Verde – Escola Estadual Maria Ribeiro Carneiro

78- Rubiataba – CEPI Raimundo Santana Amaral

79- Santa Helena – CEPI José Salviano Azevedo

80- São Luís de Montes Belos – CEPMG Américo Antunes

81- São Miguel do Araguaia – CEPI Dr. Dorival Brandão de Andrade

82- Trindade – Escola Estadual Abrão Manoel da Costa

83- Trindade -Colégio Estadual Divino Pai Eterno

84- Uruaçu -CEPI Pol. Dr. Sebastião Gonçalves de Almeida

85- Valparaíso de Goiás -CEPI Cruzeiro do Sul

86- Valparaíso de Goiás – Colégio Estadual Marajó *CEPI – Centro de Ensino em Período Integral

A comissão deverá reportar as informações a um comitê executivo que também está sendo criado. O comitê deve formular e acompanhar a execução da Política Pedagógica das Unidades Escolares em Período Integral, no que se refere aos Desenhos Curriculares, ao Programa de Ensino, ao Regimento Escolar, ao Código de Ética, ao Sistema de Avaliação Escolar, à Avaliação de Entrada dos estudantes e posterior Nivelamento dos Conteúdos e Consolidação dos Resultados de Aprendizagem, entre outros.

Promessa de campanha

A ampliação de escolas de tempo integral foi promessa de campanha do governador Ronaldo Caiado.  No discurso de posse, em janeiro de 2019, na Alego, ele destacou a necessidade fazer com que Goiás tenha pelo menos 50% das escolas goianas funcionando na lógica do ensino integral.

“Nós temos um compromisso com educação. Temos que chegar a 50% de escolas em tempo integral. É a maneira de tirarmos o jovem da rua e do tráfico. Precisamos valorizar os professores. Eles que embasam nossas crianças para que amanhã possam disputar com qualquer pessoa. E vão dizer: somos do interior mas tenho competência de disputar com qualquer um. Assim ele vai melhorar sua condição de vida”.