Do Mais Goiás

Governo planeja construir 180 pontes em Goiás até o final de 2022

Meta do programa Goiás em Movimento - Eixo Pontes é de 54 só neste ano, em 13 municípios

Foto: Goinfra

O governo de Goiás planeja implantar 54 pontes em 13 municípios de Goiás até o final de 2021. O projeto Goiás em Movimento – Eixo Pontes, para construção das estruturas, será executado em parceria com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e promete entregar 180 pontes no estado até o final de 2022.

A meta do Goiás em Movimento – Eixo Pontes é implantar ou substituir 180 das estruturas viárias até 2022. A etapa do programa foi lançado em 3 de maio, em Formosa, às margens do córrego Taperão, na GO-116, onde acontece a construção da primeira ponte do projeto.

Outras 12 cidades devem ser beneficiadas com as estruturas. São elas: São João d’Aliança (GO-116), Bonópolis (GO-353), Porangatu (GO-353), Alto Paraíso (GO-239), Morro Agudo de Goiás (GO-482), Itapuranga (GO-482), Silvânia (GOs 139 e 147), Palestina de Goiás (GO-471), Doverlândia (GOs-465 e 541), Caiapônia (GO-465), Jataí (GO-467 e GO-180) e Serranópolis (GO-306).

As pontes modulares têm extensões que variam de seis a 24 metros de comprimento por 4,5 metros de largura. Todas estruturas serão mistas, executadas em concreto e aço, e serão implantadas de acordo com a necessidade local.

As 54 pontes terão aporte federal de R$ 21,8 milhões. Ao Mais Goiás, a Goinfra confirmou que a previsão de entrega é ainda este ano.