Relações internacionais

Governo Maduro anuncia reabertura da fronteira da Venezuela com Brasil

Divisas com Colômbia e ilhas de Curaçao e Bonaire permanecerão fechadas


Thais Lobo
Do Mais Goiás | Em: 10/05/2019 às 16:57:57

(Foto: Inaê Brandão/G1 RR)
(Foto: Inaê Brandão/G1 RR)

O governo da Venezuela anunciou nesta sexta-feira que voltará a permitir a abertura da fronteira com o Brasil e o trânsito aéreo e marítimo com a ilha vizinha de Aruba. Na TV estatal, o vice-presidente da Economia, Tareck El Aissami, informou ainda que por enquanto, as fronteiras com a Colômbia e com as ilhas de Curaçao e Bonaire permanecerão fechadas.

— A partir de hoje ficam reestabelecidas as fronteiras com Brasil e Aruba. Mas não com os demais países que fazem a vida fronteiriça com o nosso território, até que cessem as ações de hostilidade, assédio, e facilitação a grupos paramilitares e criminosos — afirmou Aissami. — Aos países irmãos da região estendemos a mão para o diálogo sincero.

Segundo Aissami, tanto o Brasil quanto Aruba se comprometeram a não repetir o “lamentável episódio de 23 de fevereiro “, quando, em sua opinião, “ocorreu uma ação intervencionista sob a fachada de ajuda humanitária”.

—Algumas posições de países vizinhos beiram a insensatez, fingindo usar seu território para atacar o povo venezuelano.

Sobre o Brasil, o ministro afirmou que irá “gradualmente estabelecendo e consolidando mecanismos de controle”, para que a fronteira “seja robusta e de desenvolvimento econômico produtivo”. Até o início da tarde desta sexta-feira, a fronteira permanecia fechada.

Em 21 de fevereiro, Maduro anunciou o fechamento da fronteira com o Brasil, enquanto era articulada pelo líder opositor Juan Guaidó uma operação de envio de ajuda à Venezuela pela divisa. O objetivo da operação, que acabou frustrada dois dias depois, era levar suprimentos doados pelo governo brasileiro e pelos Estados Unidos a partir de Roraima, apesar da objeção do Palácio de Miraflores. Desde então, a fronteira permanecia fechada.