Seduce

Governo já investiu mais de R$ 10 milhões em atletas iniciantes e de alto rendimento

Em 2017, o investimento subiu para R$ 126,2 mil e 284 atletas atendidos. De 1999 até 2017, foram inauguradas 39 quadras esportivas


Karla Araujo
Do Mais Goiás | Em: 09/10/2017 às 14:31:00

"O nosso compromisso é trabalhar para que Goiás forme atletas de ponta", afirmou o governador (Foto: Marco Monteiro)

O governador Marconi Perillo tem solicitado da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce), empenho no patrocínio de atletas iniciantes e de alto rendimento que representam Goiás em torneios esportivos dentro e fora do país. “O nosso compromisso é trabalhar para que Goiás forme atletas de ponta, de modo a elevar a imagem do nosso Estado em nível internacional”, afirmou o governador.

A secretária da Seduce, Raquel Teixeira, esteve reunida recentemente com atletas premiados com medalhas conquistadas com o apoio de incentivos do Governo Estadual no Campeonato Brasileiro Júnior Feminino de Handebol, no VI Torneio Sul-americano de Interclubes de Futsal de Surdos, realizado no Chile. Ela recebeu também as ciclistas Clemilda Fernandes, Márcia Fernandes e Janildes Fernandes, que ganharam medalhas de ouro, prata e bronze no Campeonato Brasileiro de Ciclismo das modalidades estrada e contrarrelógio olímpicos. “Tenho muita admiração por vocês, que são exemplos inspiradores para todos os jovens. Vocês sempre terão meu apoio e o apoio do nosso governo”, disse Raquel Teixeira.

Programa Pró-Atleta

O programa Pró-Atleta, que apoia com recursos atletas de alto rendimento, recebeu R$ 110,5 mil do Tesouro Estadual no ano de 2016 e beneficiou 255 atletas. Em 2017, o investimento subiu para R$ 126,2 mil e 284 atletas atendidos. De 1999 até 2017, foram inauguradas 39 quadras esportivas, com investimento de R$ 5,8 milhões.

Criado para atletas dos 8 aos 35 anos de idade, o Pro-Atleta visa garantir uma manutenção pessoal mínima aos atletas de alto rendimento, buscando dar condições para que se dediquem ao treinamento esportivo e à participação em competições, visando o desenvolvimento pleno de sua carreira esportiva.

Programa Pró-Esporte

O Programa Estadual de Incentivo ao Esporte (Pró-Esporte), idealizado por Marconi Perillo, premia atletas das modalidades coletivas, individuais e de alto rendimento em Goiás. O incentivo pode ser utilizado para cobrir gastos com alimentação, educação, saúde, inscrições em competições esportivas, transporte e aquisição de materiais esportivos. De 2004 a 2017, foram atendidos 841 atletas e 353 entidades, com investimento de R$ 10.617.000,00.

O atleta goiano Fernando Manresa, soldado da Polícia Militar, beneficiado pelo Pró-Esporte e Pró-Atleta, sagrou-se bicampeão de taekwondo nos Jogos Mundiais de Policiais e Bombeiros 2017. “Hoje, o esporte é a melhor forma que temos para ensinar o caminho do bem, superar dificuldades, educar as crianças”, ressaltou ao lembrar da importância das bolsas de incentivo da Seduce criada pelo governador Marconi. “Sem esse dinheiro, era impossível viajar. Com os recursos, consegui pagar a inscrição, hospedagem, passagens aéreas e alimentação. Esse investimento é fundamental para os atletas”, pontuou.

Para Raquel Teixeira, incentivar o esporte é investir no desenvolvimento humano: “No mundo hoje, saber trabalhar em equipe, buscar metas e ser persistente são caminhos para o sucesso na vida e no mercado de trabalho, sem falar na saúde. O esporte tem todas as vantagens para a construção de um mundo melhor e mais saudável e é essencial em qualquer etapa da vida”.

Praça Esportiva

Exemplo importante nessa área é o Centro de Excelência do Esporte Arquiteto Eurico Godoi, inaugurado ano passado pelo governador Marconi, como uma moderna praça esportiva que serve de apoio para a preparação dos atletas goianos. A estrutura é composta pelo Estádio Olímpico Pedro Ludovico Teixeira e o Laboratório de Capacitação e Pesquisa Dráulas Vaz. O Centro de Excelência conta com acessibilidade do transporte público, estacionamento subterrâneo com 380 vagas e capacidade para 12 mil pessoas. “As condições do Centro de Excelência e do Rio Vermelho são excelentes e todos ficaram muito satisfeitos com a estrutura”, disse o diretor de eventos da Confederação Brasileira do Desporto Universitário, Alessandro Gomes.