Do Mais Goiás

Governo distribui 18 mil doses de vacina contra a meningite

Imunizações são destinadas a adolescentes com idade entre 11 e 12 anos. Expectativa é imunizar 80% da população nessa faixa etária

Doria: primeiras doses da vacina CoronaVac chegam em uma semana
Doria: primeiras doses da vacina CoronaVac chegam em uma semana

O governo do Estado iniciou a distribuição de 18 mil doses da vacina contra a meningite em todas as 18 regionais de saúde de Goiás. O ato celebra o Dia Mundial da Meningite, comemorado nesta sexta-feira (24). As imunizações foram enviadas pelo Ministério da Saúde (MS) e são destinadas a adolescentes com idade entre 11 e 12 anos.

As doses são do tipo meningocócica conjugada quadrivalente ACWY. Essa vacina, distribuída gratuitamente nos postos de vacinação, protege contra a doença meningocócica e suas manifestações, como a meningite, artrite séptica, pneumonia e infecções generalizadas.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) esclareceu que a campanha é permanente, uma vez que esse tipo de vacina não era fornecida pelo SUS. A expectativa é imunizar 80% dos 218.660 adolescentes da faixa etária. Para serem imunizados, eles devem comparecer a um posto de vacinação levando a Caderneta de Vacinação.

A pasta alerta ainda que é importante imunizar os adolescentes porque, se forem infectados, podem desenvolver a doença ou ser portadores assintomáticos. Essa situação permite que eles transmitam a meningite para outras pessoas. Entre os anos de 2015 e 2019, mais de 50% dos casos de doença meningocócica ocorreram em adolescentes maiores de 15 anos de idade.

A meningite

De acordo com o MS, a doença é uma inflamação das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. A enfermidade pode ser causada por vírus ou por bactéria, que é mais grave. O risco de contrair meningite é maior entre crianças menores de cinco anos, principalmente até um ano. No entanto, pode acontecer em qualquer idade.

A principal forma de prevenir a meningite é por meio da vacinação. No Brasil, a meningite é considerada uma doença endêmica. Casos da doença são esperados ao longo de todo o ano.