Do Mais Goiás

Governo anuncia R$ 1,9 milhão para obras em sete escolas de Aparecida

Governador Ronaldo Caiado entregou também Cartão Alimentação a estudantes

Governador Ronaldo Caiado (DEM) entrega cartão-alimentação a mãe de estudante (Foto: Governo do Estado)
Governador Ronaldo Caiado (DEM) entrega cartão-alimentação a mãe de estudante (Foto: Governo do Estado)

O governador Ronaldo Caiado (DEM) assinou, nesta segunda-feira (7), documento que autoriza a realização de obras em sete escolas da rede estadual vinculadas à Coordenação Regional de Educação (CRE) de Aparecida de Goiânia. O investimento total é de R$ 1,95 milhão. O governo vai construir seis novas quadras cobertas e vai reformar um Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) da região.

A solenidade de anúncio das melhorias foi realizada no Cepi Michelle do Prado, no Jardim das Hortênsias, em Aparecida de Goiânia, onde o governador entregou aos estudantes da unidade os cartões alimentação. O benefício visa reforçar as refeições dos alunos durante o período de aulas remotas, com a interrupção da merenda escolar.

Quadras

Entre as unidades que serão beneficiadas com a cobertura das quadras esportivas estão os colégios estaduais Juscelino Kubistchek de Oliveira, Jesus Conceição Leal, Divaldo Divino de Souza, Alto Paraíso e Jaci Abércio Viana, todos em Aparecida. Também será contemplado com uma nova quadra coberta o Colégio Estadual José Cândido Rosa, localizado em Aragoiânia.

Já o Cepi Santa Luzia, unidade escolar em tempo integral que atende 343 alunos de ensino médio em Aparecida, vai passar por reforma completa, orçada em R$ 190 mil. A Secretaria de Educação diz que a obra incluirá substituição do telhado e a reparação elétrica.

Alimentação

Todos os 530 mil estudantes da rede pública estadual de ensino serão contemplados com o Cartão Alimentação. O benefício substitui os kits de alimentação, que foram repassados mensalmente pelas escolas do Estado desde o segundo semestre do ano passado. O investimento total na nova modalidade de auxílio é de R$ 48 milhões, com recurso do Tesouro Estadual.

Cada cartão possui o crédito de R$ 30 por aluno, montante destinado à compra de itens alimentícios. Com a medida, as famílias passam a ter maior autonomia na aquisição dos produtos. A distribuição começou no final do mês de maio, e as equipes escolares estão contatando pais e responsáveis para informar a data e horário de entrega do cartão em sua unidade.