Segurança

Google reforça tecnologia de aparelhos Android

Se preparando para o lançamento oficial do Nougat, empresa não quer riscos




Em matéria divulgada pelo Ars Technica, o Google confirmou ter resolvido dois problemas de segurança do Android nesta última semana. Segundo o site, a empresa solucionou duas falhas graves. A maior delas era a possibilidade de sequestrar o aparelho usando uma imagem JPEG contaminada pelo Gmail.

O perigo desta estava, obviamente, em ser tão fácil de se espalhar. A outra falha era mais direcionada, podendo ser usada apenas em aparelhos com versões modificadas do Android e cujos alvos principais eram os usuários de teste do Android. O Google não entrou em muitos detalhes, mas as versões beta do SO estariam mais vulneráveis, um erro que teria sido corrigido.

Outro problema grave começou a ser solucionado: a Google Play estava cheio de aplicativos maliciosos com malwares escondidos. Estes infectavam o celular, abrindo páginas contaminadas sem o controle do usuário ou pediam permissão e depois disso ficavam fazendo ligações para telefones pagos e assim por diante.

A Google confirmou que fez um limpa na loja e removeu todos os aplicativos maliciosos. O que falta ainda é desenvolver uma segurança reforçada em sua loja virtual para impedir que malwares sejam upados em primeiro lugar.