Do Mais Goiás

Goiás registra primeira morte por coronavírus em Luziânia

Mulher de 66 anos tinha diabetes e doença pulmonar; ela havia contraído dengue recentemente. Óbito também é o primeiro da região Centro-Oeste

Pane elétrica impossibilita divulgação de dados da Covid-19, diz SES
Pane elétrica impossibilita divulgação de dados da Covid-19, diz SES

O governador Ronaldo Caiado (DEM) confirmou, na manhã desta quinta-feira (26), a primeira morte por covid-19, doença causada pelo coronavírus (Sars-Cov-2), em Goiás. A vítima, de Luziánia – Entorno do Distrito Federal – era uma mulher de 66 anos, com registro de diabetes e doença pulmonar obstrutiva crônica. Ela havia contraído dengue recentemente. Esta é também a primeira morte por coronavírus no Centro-Oeste.

De acordo com último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), na quarta-feira (25) havia 35 casos de covid-19 em Goiás, 15 dos quais  em Goiânia, seis em Rio Verde; três em Anápolis; dois em Aparecida de Goiânia; e dois em Valparaíso de Goiás. Jataí, Catalão e Silvânia registraram um caso cada. O caso da mulher que morreu em Luziânia também estava contabilizado pelo boletim. 

 

De acordo com informações do secretário municipal de saúde de Luziânia, José Walter, a vítima chegou a ser entubada ainda no município, mas foi transferida para a Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital de Doenças Tropicais (HDT) de Goiânia.A morte ocorreu na UTI da unidade.

O secretário ainda disse que a prefeitura municipal de Luziânia bloqueou e testou as pessoas que tiveram contato mais próximo com a vítima de covid-19. Além disso, busca detectar pessoas que tiveram contatos diretos com a paciente.