Empregabilidade

Goiás registra mais de 4 mil empregos formais em Setembro

Desde o começo do ano, 469.360 mil trabalhadores foram admitidos e 428.615 mil foram demitidos. Dados foram divulgados pelo Caged nesta quinta-feira (17)


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 18/10/2019 às 11:08:13

Registro de mais de 4 mil empregos formais em Goiás no mês de Setembro. É isto que aponta dados divulgados pelo Caged nesta quinta-feira (17). (Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília).
Registro de mais de 4 mil empregos formais em Goiás no mês de Setembro. É isto que aponta dados divulgados pelo Caged nesta quinta-feira (17). (Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília).

Registro de mais de 4 mil empregos formais em Goiás no mês de Setembro. É isto que aponta dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) nesta quinta-feira (17). Desde o começo do ano, 469.360 mil trabalhadores foram admitidos e 428.615 mil foram demitidos. As cidades que mais contrataram em Setembro foram Goiânia (18.244) e Aparecida de Goiânia (4.476). Itumbiara foi o município goiano com maior saldo negativo de empregos no mês, com menos 442 vagas.

O setor de serviços registrou o melhor saldo para o mês de Setembro, com 2.210 novos empregos com carteira assinada. Em seguida, a construção civil, com 1.202, e o comércio, com 1.098 vagas. O setor que mais registrou fechamento de vagas foi o da agropecuária, com menos 451 vagas. No acumulado do ano, os serviços (15.504) e a indústria da transformação (10.394) tiveram os melhores desempenhos. O único setor com saldo negativo é a administração pública, com 54 vagas a menos.

Os números registrados em Setembro (4.719 vagas com carteira assinada) são os melhores para o mês desde 2013, quando 5.160 vagas formais foram abertas. Neste período, em 2019, foram 49.506 mil contratações contra 44.787 mil demissões.

A pesquisa aponta ainda que, de Janeiro a Setembro de 2019, houve abertura de 40.745 novas vagas de empregos formais. A variação é de 3,36% em relação aos nove primeiros meses de 2018. No Brasil, setembro também foi o melhor mês desde 2013, com 157.213 novos postos de emprego com carteira assinada. No ano, o saldo é de 1.314.716.

Taxa de desocupação

Os resultados mais recentes da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADc-IBGE) para o 2º trimestre de 2019 mostraram que a taxa de desocupação em Goiás apresentou taxa de 10,5%, com 393 mil pessoas desocupadas, o que representa queda de 0,2 ponto percentual em relação ao 1º trimestre de 2019.

Conforme os dados, o Estado ficou na 8º lugar dentre as unidades da federação com as menores taxas de desocupação. Embora Goiás tenha apresentado queda na taxa de desocupação, o contrário ocorreu com a capital Goiânia e Região Metropolitana, pois, ambas apresentaram elevação de 0,7 e 0,6 ponto percentual, respectivamente.