Goiás registra 6.109 casos de lesão corporal contra jovens de 2019 a 2021

Levantamento também informa sobre abandono de incapaz: 716 no período

Goiás registra 6.109 casos lesão corporal contra jovens de 2019 a 2021
Goiás registra 6.109 casos lesão corporal contra jovens de 2019 a 2021 (Foto: Pixabay)

Levantamento da Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO) informa que, de janeiro de 2019 e junho de 2021, tiveram 6.109 casos de lesão corporal contra crianças e adolescentes no Estado. Foram 3.023 registros em 2019, 2.082 no ano passado e 1.004 no primeiro semestre de 2021.

Destaca-se, o mês com maior de número de lesão corporal contra crianças e adolescentes – de 0 a 17 anos – foi setembro de 2019: foram registrados 295 casos. Confira a seguir:

Lesão corporal contra crianças e adolescentes em Goiás

2019

  • Janeiro: 212
  • Fevereiro: 257
  • Março: 230
  • Abril: 267
  • Maio: 270
  • Junho: 227
  • Julho: 178
  • Agosto: 294
  • Setembro: 295
  • Outubro: 290
  • Novembro: 277
  • Dezembro: 226
  • Total: 3.023

2020

  • Janeiro: 192
  • Fevereiro: 204
  • Março: 194
  • Abril: 131
  • Maio: 126
  • Junho: 148
  • Julho: 147
  • Agosto: 188
  • Setembro: 169
  • Outubro: 207
  • Novembro: 207
  • Dezembro: 169
  • Total: 2.082

2021

  • Janeiro: 188
  • Fevereiro: 123
  • Março: 156
  • Abril: 200
  • Maio: 192
  • Junho: 145
  • Total: 1.004

Abandono de incapaz

O levantamento da SSP-GO também informa sobre o crime de abandono de incapaz, no mesmo período. Ao todo, foram 716 casos registrados.

Em 2019, o número de denúncias foi de 300, enquanto no ano passado, 262. Em relação aos primeiros seis meses de 2021, foram 154, o que representa um aumento em relação aos anos anteriores – 131, no primeiro semestre de 2019; e 125, em 2020. Confira:

2019

  • Janeiro: 22
  • Fevereiro: 10
  • Março: 22
  • Abril: 14
  • Maio: 31
  • Junho: 32
  • Julho: 26
  • Agosto: 30
  • Setembro: 34
  • Outubro: 38
  • Novembro: 27
  • Dezembro: 14
  • Total: 300

2020

  • Janeiro: 18
  • Fevereiro: 14
  • Março: 23
  • Abril: 13
  • Maio: 17
  • Junho: 26
  • Julho: 14
  • Agosto: 28
  • Setembro: 33
  • Outubro: 27
  • Novembro: 26
  • Dezembro: 23
  • Total: 262

2021

  • Janeiro: 21
  • Fevereiro: 48
  • Março: 16
  • Abril: 15
  • Maio: 36
  • Junho: 18
  • Total: 154

Análise

Ao Mais Goiás, a SSP-GO observou queda de mais de 30% nos casos de violência contra criança e adolescente entre os anos de 2019 para 2020.

Titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente do Estado (DPCA-GO), a delegada Marcella Orçai não fala em redução nos casos de lesão corporal. Segundo ela, os números são afetados pelo período de pandemia da Covid-19, pois isto dificultou a ida à Polícia Civil (PC) para denúncias.

Inclusive, ela reforça que este levantamento é sobre as denúncias.  “Queremos acreditar que diminuiu, mas o que vemos é o aumento cada vez maior, conforme a pandemia recua e a vida vai voltando ao normal”, lamenta.

Já sobre os números relacionados ao abandono de incapaz, Orçai aponta serem ainda mais complexos. “São números de ocorrência. O que foi efetivamente indiciado e finalizado seria outro levantamento.”

Ela explica que o crime de abandono de incapaz é amplo. “Não é meramente a criança deixada na rua. Muitas vezes, pais registram porque a criança ficou sozinha em casa para mãe ir na padaria. Ou, na hora de entregar, porque deixou a criança na esquina. Não quer dizer que a criança foi para um abrigo, abandonada. É deixar a criança a perigo.”

Desta forma, a delegada Marcella Orçai avalia que uma comparação mais próxima da realidade seria de 2019 com 2022. “Seria mais justa.”

O levantamento foi feito a pedido da jornalista Ludymila Siqueira, do A Redação, que cedeu os dados ao Mais Goiás. Eles foram confirmados pela SSP-GO.