Do Mais Goiás

Goiás recebe mais 32,2 mil vacinas da CoronaVac neste sábado (8)

Umunizantes serão utilizados de formas diferentes pelos municípios

Goiás recebeu, na manhã deste sábado (08), mais 32.200 doses da vacina CoronaVac, fabricada, contra a covid-19, pelo Instituto ButantanGoiás recebe mais 32,2 mil vacinas da CoronaVac neste sábado (8)
Goiás recebe mais 32,2 mil vacinas da CoronaVac (Foto: Divulgação/ Lucas Diener)

Goiás recebeu, na manhã deste sábado (08), mais 32.200 doses da vacina CoronaVac, fabricada contra a Covid-19 pelo Instituto Butantan. O carregamento enviado ao Estado pelo Ministério da Saúde (MS) chegou ao aeroporto internacional de Goiânia e seguiu para a Central Estadual da Rede de Frio da Secretaria de Estado de Saúde (SES). A remessa faz parte do 18º lote de imunizantes que compõe o Plano Nacional de Imunização (PNI).

Segundo o governador Ronaldo Caiado, as vacinas serão utilizadas de formas diferentes pelos municípios. Alguns serão para ampliar o calendário vacinal de primeira dose (D1), em outros para o reforço (D2), completando o ciclo de imunização de idosos e demais grupos prioritários.

“Todos os municípios que cumpriram o calendário vacinal do Estado poderão usar metade desse lote para primeira dose e metade para a segunda”, afirmou Caiado.

Durante a coletiva de imprensa Caiado reafirmou, mais uma vez, que tem trabalhado para sensibilizar o Ministério da Saúde, tendo em vista a inclusão de profissionais que atuam no setor de Educação como grupo prioritário no calendário vacinal. “As aulas só retornam em Goiás com professores vacinados. A imunização deles é fundamental para que não tenhamos contaminação nas escolas”, diz.

Vacinados

Segundo o estado, Goiás já ultrapassou um milhão de doses de vacinas contra a covid-19 aplicadas. Com o avanço da vacinação, o Estado está em “queda sustentada” nos indicadores da pandemia, com o número de internações nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em queda há 40 dias.

O secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino, disse que, apesar do alívio de ver o mapa de risco de Goiás caminhando para uma situação melhor, é importante que a população mantenha todos os cuidados, como os hábitos de higiene e distanciamento social.

“O fato de ter melhorado o mapa de calor não quer dizer que a pandemia passou. Os leitos que foram criados continuam funcionando. Mas conter o vírus depende da vacinação e do comportamento populacional”, avaliou.

Campanha

Na fase atual da vacinação, são priorizadas pessoas com 18 anos ou mais que se encaixem nos seguintes casos: Síndrome de Down, pacientes renais crônicos em terapia de substituição renal (diálise) e gestantes ou mulheres no pós-parto com comorbidades.

Ainda neste grupo, estão incluídas pessoas com comorbidades definidas no PNI na faixa etária de 55 a 59 anos, bem como aquelas que se enquadram nas deficiências cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Vacinação

Em todo o Estado de Goiás, até sexta-feira (07/05), foram aplicadas 1.017.939 doses das vacinas contra a Covid-19, de acordo com dados preliminares da Secretaria de Estado da Saúde. Desse grupo, 523.279 já receberam o reforço da segunda dose.

Ainda de acordo com o estado, até o momento, o governo de Goiás recebeu mais de 2 milhões de doses de imunizantes, sendo 1,2 milhão da CoronaVac, 959 mil da AstraZeneca e mais de 17 mil da Pfizer.