Capacidade Técnica

Goiás recebe escritório da Codevasf na presença de ministro Rogério Marinho

Parceria visa a fortalecer projetos de infraestrutura e de agricultura irrigada nos municípios que integram bacia dos rios Araguaia e Tocantins


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 09/03/2020 às 17:40:42

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Goiás terá um escritório regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf). Graças a parceria com o governo do Estado, espaço físico este será instalado na sede da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), em Goiânia (GO). A cerimônia de lançamento aconteceu nesta segunda-feira (9), às 14h, no auditório Mauro Borges no Palácio Pedro Ludovico Teixeira. Para o Ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho, presente na solenidade, com esta implantação Goiás ganha “capacidade técnica de gerir recursos alocados dentro do orçamento geral da União para dentro do Estado”.

Destaca-se que a atuação da companhia ocorre por meio de ações para o desenvolvimento da agricultura irrigada, revitalização das bacias hidrográficas e mitigação dos efeitos da estiagem com a oferta de água para consumo humano e animal. Inicialmente, ela surgiu diante da necessidade do desenvolvimento da Bacia do Rio São Francisco, com ênfase na irrigação, sobretudo na região do semiárido brasileiro, tendo, posteriormente, sua atuação ampliada para a Bacia do Rio Parnaíba e de outros rios do País. Com a publicação da Lei Federal nº 13.507/2017, a Codevasf acrescentou à sua atuação outras regiões, como as Bacias dos Rios Tocantins e Araguaia, que abrangem 136 municípios goianos.

Instrumento

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, que participou do evento, ressaltou a Codevasf como instrumento de projetos de infraestrutura de bacias hidrográficas do país. “Em especial, agora, a do Araguaia e do Tocantins.”

Acerca do escritório regional, ele destaca a importância. “Vamos ter a capacidade técnica de gerir recursos alocados dentro do orçamento geral da União para dentro do Estado. Temos um volume de recursos em que há a necessidade de supervisão técnica, tanto na fiscalização como aplicação. E a administração é direta e será feita pela própria Codevasf, ou seja, será uma operacionalização mais rápida.” Para ele, Goiás, junto a toda região Centro-Oeste, receberá um olhar diferenciado, com essa medida.

Parceria

De acordo com o governo, graças a parceria, Goiás e Codevasf trabalharão para fortalecer projetos de infraestrutura e de agricultura irrigada nos municípios que integram a bacia dos rios Araguaia e Tocantins. Além disso, é possível que a iniciativa fortaleça projetos de irrigação como os da cidades de Flores de Goiás e Luiz Alves, por meio das ações da companhia.

E, ainda, será possível criar outros projetos de agricultura irrigada, desenvolvendo a bacia e atuando diretamente na melhoria do bem-estar social dos municípios da região pelo acesso às tecnologias para a distribuição de água entre pequenos, médios e grandes produtores, conforme o governo estadual.

Antônio Carlos de Souza Lima Neto, secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, ainda antes da solenidade declarou que Goiás tem buscado formas de desenvolver as diversas regiões do Estado, com olhar especial para Nordeste Goiano. “A região possui clima favorável e solo fértil, mas a água disponível não chega a todos. O que o Governo de Goiás quer fazer, por meio dessa parceria, é dar acesso às tecnologias para ampliar o fornecimento de água àqueles produtores, sobretudo fazer chegar essa água ao pequeno agricultor e ao agricultor familiar”, declarou.

O evento desta tarde, além do ministro Rogério Marinho, contou com a presença do presidente da Codevasf, Marcelo Andrade Moreira Pinto, os senadores Vanderlan Cardoso (PSD) e Luiz do Carmo (MDB), além de outras autoridades. O anfitrião, governador Ronaldo Caiado (DEM), celebrou a conquista. “Essa decisão [de implementar a Codevasf no Estado] alavanca e muito os investimentos nos municípios mais carentes do município de Goiás.”