Tudo igual

Goiás joga mal e empata com o Iporá

Sem inspiração, Esmeraldino não consegue furar bloqueio do Lobo Guará

Esportes

Samuel straioto
Do Mais Goiás | Em: 26/01/2020 às 17:37:58

Goiás joga mal e empata com o Iporá. Reprodução Twitter do Goiás Esporte Clube
Goiás joga mal e empata com o Iporá. Reprodução Twitter do Goiás Esporte Clube

Na estreia do goleiro Tadeu neste ano de 2020, o Goiás não teve inspiração, jogou mal e ficou apenas no empate pelo placar de 0x0 contra o Iporá, em partida realizada no estádio Ferreirão, em Iporá, válida pela segunda rodada do Goianão. Com o resultado o Esmeraldino chega a 4 pontos conquistados, já o Lobo Guará conseguiu o 1º ponto na competição.

O Goiás fez várias modificações na segunda etapa, pressionou a meta do goleiro Lucas, mas não conseguiu furar o bloqueio da defesa do Iporá. O time do oeste goiano deu alguns sustos durante o jogo, chutando bolas na trave.

1º Tempo

O Goiás começou mal a partida. Sem inspiração e com muita lentidão, o Esmeraldino não conseguiu furar a zaga do Lobo Guará. Logo no primeiro ataque da partida, com menos de 1 minuto de jogo, o Iporá foi ao ataque e conseguiu escanteio. Danillo faz a cobrança, mas o goleiro Tadeu que fez a estreia pelo Goiás em 2020, afastou o perigo.

Aos 3 minutos, Jacó fez jogada individual e arriscou o chute de fora da área, mas a bola sai por cima do gol do Goiás. O primeiro bom ataque do Alviverde ocorreu aos 5 minutos de partida. Kaio arriscou o chute e obrigou o goleiro Weverton a fazer boa defesa, jogando para escanteio.

Na primeira etapa da partida, o Iporá teve mais posse de bola. Aos 15 minutos, Marcelinho arriscou uma bomba de fora da área, mas a bola saiu à direita do gol de Tadeu. Aos 30 minutos, o meio campista do Goiás Léo Sena lança Henrique Almeida, mas o jogador cai no chão na disputa com o marcador e ficou pedindo falta. O juiz apenas mandou o jogo seguir.

Aos 41 minutos, Thalles levou cartão amarelo após falta em Marcelinho. A primeira etapa terminou aos 49 minutos, sem grandes emoções.

2º Tempo

O Lobo Guará precisou fazer substituição no gol. Saiu o goleiro Weverton, lesionado, e entrou o reserva Lucas. No segundo tempo o Iporá começou pressionando o Goiás. Logo aos 2 minutos, Danillo cobra a falta, mas a bola explodiu na defesa e saiu pela linha de fundo. Aos 10 minutos, após cruzamento na área, Felipe Jesus cabeceia e a bola explodiu na trave de Tadeu. Susto para o goleiro Esmeraldino.

Aos 11 minutos o atacante Jacó recebe bom passe e chutou para o gol. Tadeu desviou e a bola bate na rede pelo lado de fora. Aos 13 minutos, substituição no Goiás, Ratinho entrou no lugar de Vidal.

Aos 15 minutos, Henrique Almeida arriscou chute e obrigou o goleiro Lucas e fazer linda defesa. Em seguida o atacante Esmeraldino, recebeu cartão após dar carrinho em Felipe Jesus. Aos 16 minutos, nova substituição no Goiás, Breno entrou no lugar de Léo Sena.

Aos poucos o Goiás foi reagindo e crescendo na partida. Aos 19 minutos, Henrique Almeida fez boa jogada individual, mas na hora do chute o marcador roubou a bola. Aos 20 minutos, última substituição no Esmeraldino. Henrique Almeida saiu e deu lugar para o garoto da base Figueira.

O Iporá promoveu a primeira alteração aos 21 minutos. Luís Fernando entrou no lugar de Élvis. Aos 24 minutos da segunda etapa, Kaio entrou na pequena área e chutou, mas o goleiro Lucas defendeu com os pés. Quase o Goiás conseguiu abrir o placar.

Os dois times sentiram o cansaço. Aos 40 minutos do segundo tempo, o Iporá fez a segunda substituição, saiu Felipe Jesus e entrou Michel. De forma desorganizada, o Goiás tentava chegar, mas sem resultados. Ratinho tomou cartão aos 48 minutos da segunda etapa e o árbitro encerrou a partida aos 50 minutos.

 

Ficha Técnica

Iporá x Goiás – 2ª rodada do Goianão

Data: 26/01 (domingo)
Horário: 15h30
Local: Ferreirão, em Iporá

Árbitro: Eduardo Tomaz (GO)
Assistentes: Tiago Gomes (GO) e Jonny Kamenach (GO)

IPORÁ

Weverton; Everton Júnior, Cleiton, Campos e Danilo Ribeiro; Fagner, Maurício, Elvis e Marcelinho; Adãozinho e Jacó
Técnico: Paulo Pereira

GOIÁS

Tadeu; Vidal, Lucão, Fábio Sanches e Jefferson; Figueira, Léo Sena e Thalles (Cartão Amarelo); Henrique Almeida, Marcinho e Lucão do Break
Técnico: Ney Franco