Do Mais Goiás

Goiás e CRB se enfrentam em duelo que vale a vice-liderança da Série B

Goiás e CRB entram em campo a partir das 21 horas, no estádio Rei Pelé

Jogadores do Goiás comemoram gol
Jogadores do Goiás comemoram gol. Foto: Rosiron Rodrigues - Goiás

O Goiás entra em campo neste sábado (11), às 21 horas, para enfrentar o CRB, no estádio Rei Pelé, em Alagoas, pela 23ª rodada da Série B. O duelo é fundamental nos planos esmeraldinos, já que além de permanecer dentro do G4, com uma vitória, os goianos podem ultrapassar o time alagoano na tabela e assumir a vice-liderança. O alviverde soma 39 pontos e é o 3º colocado, já o Galo ocupa a 2ª posição, com 40 pontos.

Além de ser um duelo entre equipes que estão na parte de cima da tabela, o duelo irá marcar o encontro entre duas equipes com boa invencibilidade na competição. O Goiás soma 8 partidas sem derrota. São 4 vitórias e 4 empates. Já o CRB não sabe o que é perder na Série B há 11 jogos, são 6 vitórias e 5 empates.

Pelo lado do Goiás, para manter a boa sequência, o técnico Marcelo Cabo terá alguns desfalques na equipe. Os laterais Apodi e Artur estão suspensos, porém a equipe deve ter a volta do lateral Hugo, que está recuperado de um desconforto muscular. Para a vaga de Apodi, o comandante alviverde irá recuar o atacante Diego e deverá promover a entrada de Felipe Bastos.

Além dos desfalques por suspensão, o Goiás ainda tem uma dúvida na escalação. Alef Manga teve uma torção no tornozelo e será avaliado antes do jogo. Caso o artilheiro do time na Série B, com 6 gols, não tenha condições, Dadá Belmonte deverá ser titular.

O Goiás deverá ir a campo com o seguinte time. Tadeu, Diego, David Duarte, Reynaldo, Hugo, Rezende, Caio Vinícius, Felipe Bastos, Élvis, Alef Manga (Dadá Belmonte) e Nicolas.

Pelo lado do CRB, o técnico Allan Aal tem todos os jogadores a disposição e deverá repetir a escalação do último jogo. Assim o time deverá entrar com a seguinte escalação. Diogo Silva, Reginaldo, Gum, Caetano, Guilherme Romão, Marthã, Wesley, Diego Torres, Jajá, Pablo Dyego e Júnior Brandão.