FNSP

Goiás discute participação no Programa Nacional de Enfrentamento à Criminalidade Violenta

O emprego da Força Nacional foi autorizado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública e apoia também os Estados do Pará, Espírito Santo, Pernambuco e Paraná


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 23/08/2019 às 15:26:17

(Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
(Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Na tarde desta sexta-feira (23), a Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) se reúne em Goiânia para discutir  sobre a participação do Estado de Goiás no Programa Nacional de Enfrentamento à Criminalidade Violenta. A reunião acontece na Sala de Situação do Centro Integrado de Comando e Controle da Secretaria de Segurança Pública.

Integrantes da Polícia Civil (PC) e da Técnico-Científica que compõem a FNSP vão atuar na investigação de crimes nas regiões Oeste e Noroeste de Goiânia. Serão 20 membros da parte investigativa. Outros 80 membros devem chegar no dia 30 de agosto para a atuação mais ostensiva do programa, que tem previsão de duração até fevereiro de 2020.

O emprego da Força Nacional foi autorizado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública e apoia também os Estados do Pará, Espírito Santo, Pernambuco e Paraná.

São duas Portarias, publicadas na última quinta-feira (22), no Diário Oficial da União (DOU), que dispõem sobre o emprego da Força nesses Estados para cumprimento dos objetivos do projeto “Em Frente Brasil”.