Campeonato Brasileiro

Goiás arranca vitória com um jogador a menos contra o Inter

Michael e Rafael Vaz anotaram os dois golaços da virada esmeraldina; Guilherme Parede abriu o placar em lance que teve expulsão de Léo Sena


Fábio Alves
Do Mais Goiás | Em: 25/08/2019 às 18:21:48

Goiás virou o jogo para cima no Internacional (Foto: Ricardo Duarte/SCI)
Goiás virou o jogo para cima no Internacional (Foto: Ricardo Duarte/SCI)

Prejudicado pelo VAR e com um jogador a menos durante quase todo o jogo, o Goiás buscou uma emocionante vitória contra o Internacional, na tarde de domingo (25), no Serra Dourada. Michael e Rafael Vaz anotaram os gols da vitória alviverde por 2 a 1. Guilherme Parede anotou o tento dos visitantes na partida da 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Michael puxou a reação esmeraldina com um golaço, quando o Goiás já perdia por um a zero e jogava em desvantagem numérica após a expulsão de Léo Sena. O herói da vitória não poderia ser mais improvável. O zagueiro Rafael Vaz, que convive com críticas, marcou outro golaço. Ele cobrou falta no ângulo, sem chance para o goleiro colorado, no último lance da partida.

Com 21 pontos, o Goiás está na 11ª posição da Série A. A equipe volta a campo pelo Brasileiro no domingo (01), contra o Fortaleza, no Estádio Castelão, em Fortaleza. O jogo será válido pela 18ª rodada e começa às 16h.

Com um time reserva devido à prioridade em outras competições, o Internacional abriu o placar logo aos 11 minutos do primeiro tempo. O Colorado recuperou a bola na defesa esmeraldina em lance com o atacante esmeraldino Michael. Wellington Silva achou Guilherme Parede na área. O atacante finalizou em chute rasteiro, na saída de Tadeu.

Além do gol sofrido, a situação ficou pior para o Goiás. O árbitro revisou o lance com auxílio do VAR e expulsou Léo Sena, por acertar a perna na cabeça de Rithely, em disputa anterior ao gol. A decisão foi questionável porque o lance não demonstrou ação proposital do jogador.

O Goiás voltou melhor para o segundo tempo, reorganizado por Ney Franco. O time apresentou dificuldade pela desvantagem numérica e, principalmente, pela falta de um meia capaz de articular e organizar as jogadas. Os lances de maior intensidade saíram dos pés de Michael, sempre em busca das jogadas individuais. A maior parte delas com sucesso. Porém, ele falhou nas finalizações.

Aos 25 minutos da segunda etapa a história mudou e Michael conseguiu balançar a rede. Ele driblou dois adversários dentro da área e marcou um golaço no Serra Dourada. O camisa 11 recebeu passe de Geovane, teve calma e agilidade para fazer dois cortes secos e bater colocado, sem chance para o arqueiro rival.

O goleiro Tadeu, mais uma vez, demonstrou competência à frente da meta alviverde e evitou outro gol colorado em pelo menos três momentos complicados da partida. A virada veio no último lance. O criticado Rafael Vaz cobrou falta e acertou o ângulo do gol defendido por Marcelo Lomba. Não houve possibilidade de defesa.

 

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 2 X 1 INTERNACIONAL

 

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO

Data: 25 de agosto (domingo)

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)

Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)

VAR: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP)

Cartões amarelos: Klaus (Internacional); Leandro Barcia (Goiás)

Cartões vermelhos: Leó Sena (Goiás)

Gols: Guilherme Parede, aos 11 do 1ºT; Michael, aos 25 do 2ºT

 

GOIÁS: Tadeu; Yago Rocha (Geovane), Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jeferson; Yago Felipe, Léo Sena, Marcelo Hermes e Michael; Rafael Moura (Leandro Barcia) e Kayke (Renatinho)

Técnico: Ney Franco

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Zeca, Klaus, Emerson Santos e Natanael (Erik); Rithely (Sarrafiore), Bruno Silva e Nonato; Wellington Silva (Pedro Lucas), Nico López e Guilherme Parede

Técnico: Odair Hellmann